• Título

    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais

  • Título

    Um dedo de prosa sobre nossa história

  • Título

    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil

  • Título

    Divulgação, contato e apoio

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Visita dia 28/12/2014

Espírito Natalino 

Nos enfeitamos pela magia, pelo sorriso e pelo bem-estar dos nossos pacientes. E com essa ideia que conto a vocês como enfeitamos o ic-df. 
Cantando como os duendes ajudantes de Papai Noel encontramos oito anjinhos na uti pediátrica. desejamos para todos um presentão em forma de saúde é um ano novo cheio de peraltices. 
Na uti coronariana descobrimos oito sortudos que deixaram seus sapatos na janela e já tinham ganho seus presentes. Ficamos feliz em ver papéis de presentes desembrulhados pelo chão e cantamos mais um bocado. 
Na vizinha uti cirúrgica, cinco renas estavam deitadas. Ainda exaustas pela correria da noite de Natal. Fizemos votos para que se recuperassem bem e voltassem para o Pólo Norte antes do ano novo. 
Na enfermaria fizemos uma verdadeira festa. Com muita música e dança encontramosquarenta luzes de natal que abrilhantavam o sexto andar. Com direito até a quarto com as três Marias e reis magos. 
Tantos anjos, sapatos na janela e tantas luzes de natal e ainda não falei da ponteira da nossa árvore. A estrela-guia que ilumina nossa vontade de fazer o bem. E ela foi a primeira a ser colocada com A bela oração que fizemos no início do atendimento. E com ela, trouxemos mais que o espírito natalino para o ic-df. Veio junto muita alegria, muito amor e renovamos também a vontade de fazer,cada vez mais, um belo atendimento. 
Esse foi o domingo mais cantante que o ic-df já teve. Com direito até a serenata para Dra. Siri. 
Neste atendimento estavam presentes os doutores Venâncio, Berinjela,vagalume, wally e rapadura e as doutoras groselha, jujuba e siriguela 

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Dia de Natal!!!












Ao som de "Então é Natal" da Simone, música preferida da Dra Sensação, tivemos hoje a visita de Natal dos Andarilhos do Riso. Mas vou logo explicando: sabe o filme Avatar? Então, os doutores palhaços mandaram avatares pra entregar as lembrancinhas, enquanto eles ficavam em casa comendo as sobras da ceia de ontem.




E todo mundo ganhou lembrancinha, nossos amigos das recepções, portarias, equipes médicas, "donas limpezas" e "donas lancheiras", e é claro, nossos queridos pacientes!!!






Foi uma linda visita, com muita emoção. os avatares conseguiram transmitir a mensagem direitinho, de renovação da esperança sempre.
Agradecemos aos avatares das Dra Sorriso (Ana), Dra Fofuxa (Camille), Dra Jujuba (Dani), Dra Risoletta (Aninha) e dos Dr Wally (Walisson), dr Vagalume (Ricardo).
Feliz Natal a todos!
























Beijos molhados dos Andarilhos do Riso

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Visita do dia 21.12.2014





Bom dia, porque é sempre dia no coração de quem ama. E nós, os Andarilhos do Riso, amamos todos vocês...
Neste último domingo ainda faltavam quatro dias para o Natal, é verdade, mas o clima natalino já havia tomado conta dos corredores do IC fazia tempo. E por falar nisso, o IC inovou na decoração deste ano e, como forma de homenagear o Dr Cenoura, pendurou um punhado de cenouras (!?!?!?!?!) de natal. Dá uma olhadinha nessa foto aí gente, fala se não é uma cenoura natalina? =)

Inovações à parte, sabemos que a humanidade segue evoluindo graças às diversas inovações e descobertas que alcança. E não é que nós, dos Andarilhos do Riso, também fazemos as nossas descobertas? Descobrimos, com a providencial ajuda dos colaboradores do IC, que não são só as bochechas da Dra Buchecha que são enormes de grande, as canelas dela também são enormes, tanto que perguntaram se ela colocava isopor (oi?) para ficar desse jeito...




E assim começou nossa visita: com muita alegria, risada e as doutoras Buchecha, Fofuxa e Sorriso e os doutores Juquinha e Vagalume seguindo felizes pelos corredores do IC. O Vaga tava tão feliz que fez um belo de um aquecimento na esteira... que pique.


Logo na recepção, encontramo-nos com a mãe do Victor Emanuel, nosso guerreiro palmeirense (até porque, pra torcer pro Palmeiras tem que ser guerreiro mesmo, né Sensa?). Ela nos contou o quanto ele ficou feliz com a visita do Lucio, zagueiro do Palmeiras. Legal né? Quem também nos contou tudo sobre o filho foi a mãe do Sr José Gilson: contou até que ele passou a usar meia-calça depois que foi ao IC... tadinho dele, ficou todo envergonhado, mas mãe é sempre assim, mestra em deixar a gente envergonhado contando esse tipo de segredos, não é verdade?











Agora, quem estava todo soltinho e nem um pouco envergonhado era o Sr. Antônio. Ele estava doidinho pra ir logo pra enfermaria e sabem por quê? Por causa da Dona Isabel. Ele nos contou que os dois chegaram no mesmo dia ao IC, fizeram o procedimento também no mesmo dia, enfim, foram tantas “coincidências” que ele acredita que seja coisa do destino e que eles vão ficar juntos e felizes para sempre... e, agora que ela foi pra enfermaria primeiro, ele não vê a hora de ir também porque, segundo ele, “quem ama, cuida”. S2 S2 S2.
Seguindo nesse clima de romantismo e amor, conhecemos aqueles que, provavelmente, inspiraram John Lennon e Paul McCartney quando a música “All you need is Love” foi composta pela dupla de Liverpool. A Dona Tânia e o Sr. João são namorados há mais de 40 anos e ele foi generoso ao nos contar o segredo para um namoro tão longevo: “O segredo é o amor! Com amor, tudo fica simples de se resolver, pois há a vontade de se resolver...”. #ficaadica.
Ufa, foram tantas coisas que aconteceram nessa visita... e ainda não acabou!
O que dizer do parente do futebolista alemão Bastien Schweinsteiger? Pois é, o Sr Carl Kehl (lê-se algo como “Cálquêêl”) também estava lá para nos prestigiar nos corredores do IC. Para quem pensa que o povo alemão não tem senso de humor, o Sr. Carl deu uma aula de bom humor e irreverência. Mas irreverente mesmo foi o Sr. Valdivino, ele próprio, um ex-doutor como nós. Depois de muita piada e risadas, disse que assim que estiver recuperado, vai se organizar para voltar a atender, quem sabe agora, com os Andarilhos do Riso.
E foi assim que rimos e sorrimos junto de 6 hóspedes da UTI Cirúrgica, 7 da Coronariana, 10 da Pediátrica e 45 da enfermaria...
Meu Deus, quase ia me esquecendo... em um dado instante, o Dr. Juquinha, o Dr. Japonês mais bonito dos Andarilhos, teve que se ausentar por uns minutos, mas para não desfalcar o atendimento, chamou o irmão gêmeo dele, o Dr. Japinha. O Juquinha pensou que ninguém ia perceber, afinal de contas, japonês é tudo igual, mas foi só o Sr. João da Paixão tentar conversar com ele que todos descobriram que não era o Juquinha: o irmão dele acabou de chegar do Japão e não fala português. Mas não teve tempo ruim não, o Sr João da Paixão ensinou umas palavras para o irmão do Dr Juquinha e a principal foi PIPOCA. É, o Sr. João deve gostar de ir ao cinema, vai saber...

Agora sim, o rela acabou. O rela ficou grande porque o atendimento foi grande. Saímos do IC eram quase 18:30, um pouco exaustos, é verdade, mas felizes e gratificados...
“Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez...”


Dr Juquinha

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Visita do dia 14.12.2014


PARA TUDO QUE TEM NOTÍCIA BOMBÁSTICA!

        Descobrimos que o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal está nos enganando! E não foi ninguém que nos falou, vimos com nossos próprios 12 olhos presentes na última visita!
        Logo que chegamos vimos que tinha alguma coisa errada... As UTIs Coronariana e Cirúrgica estavam mais para UTI Juvenil e UTI Teen. Olhávamos, por exemplo, para a Virgínia e pensávamos que tinha seus quase 30 anos, mas aí quando ela nos falou dos filhos, pensamos “bom... teve filho nova...” Ai ela falou dos netos. DOSSSS NETOSSSS. Plural! E são crescidos! Ela tinha adivinhem quantos anos? 70!


        Continuamos e logo ali pertinho tinha o Leondiniz, um rapaz muito simpático nos seus 35 anos... Ledo engano. De novo escutamos falar do neto que tinha acabado de nascer, mas não era só esse, ele era na verdade o 13º da prole!

        E assim continuou! Era Maria que parecia ter 15, mas tinha 31 (Essa ainda tinha uma irmã de 35 anos que parecia ainda mais nova! Dra. Groselha ficou até depressiva, só porque ela parece ter dez anos a mais do que a verdadeira idade dela), Aurelina que parecia ter 42, mas tinha 58. Até o Faustão estava por lá e foi a mesma coisa! A gente nem reconheceu de tão jovem que estava...


        Ai foi quando começamos a investigar as coisas... Algo estava errado... Sentimos o cheiro de enganação no ar!

        E ai a gente viu que todos estavam com um líquido muito suspeito junto com o soro... 
Fomos chegando mais perto...

Mais um pouco...

Mais um passo...

Quando fomos olhar o que estava escrito...

TADAM!



ESTAVA ESCRITO “REJUVENESCEDOR | ICDF - INSTITUTO DE COLÁGENO DO DISTRITO FEDERAL”

CHOCADOS! Então fomos enganados todo esse tempo! As pessoas sempre entravam no ICDF meio pra baixo e sempre saiam com tudo em cima e com a pele maravilhosa por conta desse produto mágico! E ai fomos ver a composição desse produto misterioso:
- Carinho........................100mg
- Amor ...........................100mg
- Profissionalismo..........100mg
- Andarilhos do Riso..... 1000mg

Oooooowwwwwwwwwwwwn gente! Morremos de amores!

Passado o susto, nos restou terminar a visita e já esperarmos ansiosamente o próximo domingo, pra continuar ajudando esses lindos a se recuperarem e saírem do ICDF cheios de saúde e energia e SEM RUGAS! 

Receberam nossa insuportável ilustre visita:
- 10 pequetuxos na UTI Pediátrica;
- 6 repaginados na UTI Cirúrgica;
- 10 reformados na UTI Coronariana; e
- 43 rejuvenescidos na Enfermaria. 


Isso tudo graças ao Doutor mais lindo e listrado dessa família, Dr. Wally, acompanhado das Doutoras Groselha, Bacon e Jujuba e dos Doutores Rapadura e Juquinha.

(Pra fechar, tinha que colocar essa foto, mesmo sem contexto, pq demonstrações de afeto e amor assim não se vê todo dia... Só não sabemos ainda como esses dois baixotes doutores conseguiram fazer essa proeza. O Rapadura por conseguir subir no Juquinha e o Juquinha por conseguir segurar o Rapadura. Isso fica pra próxima investigação)

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Visita do dia 07.12.2014





Domingo chuvoso, de tempo fechado e nuvens carregadas. Mas isso não é empecilho para que os Dotôres Besteriologistas executem seu tão estrambólico trabalho. Como de costume, nos reunimos às 14:30, fizemos nossa oração e subimos aos quartos às 15:00. Estavam presentes eu (Fiote), Dr. Venâncio, Dr. Beringela, Drª Bacon, Dr. Juquinha e Drª Sorriso.


Na UTI pediátrica nos encontramos com alguns pequenos anjos envoltos em seus lençóis. O clima estava propício a infindáveis cochilos. Sendo assim, cantamos para vários deles ninarem e quem sabe, nos visitarem também a noite em nossos sonhos. 

Após várias serenatas, eu e Dr. Beringela recebemos o querido apelido de Jiló e Jurubeba, um doce, não? Acho que reflete bem o gostinho de quero mais que deixamos nos pacientes. Nos encontramos com o perdido Seu Edgar que foi passando mal para o hospital de carro e após internação acabou sendo transferido já não lembrava mais onde havia deixado o carro. Para sua sorte, 9 dias depois o carro permanecia no mesmo local e foi encontrado por seu irmão. Também tivemos a grande oportunidade de realizar uma “ajunta” médica com o Sr. Luís, médico, professor e cirurgião, cuja esposa e três filhos também são médicos. Isso que é ser um exemplo de pessoa.



E falando em encontros, Seu Daniel nos relatou como conheceu sua esposa Maria num ônibus em Taguatinga. Ambos vieram do Piauí, moravam lá bem pertinho um do outro mas foi só aqui que vieram se esbarrar.  Quem também mudou-se para Brasília foi o Seu Auri, torcedor do Grêmio que a única coisa vermelha que ele tolera é o tomate na salada. Depois de criar os filhos no MS, mudou-se para Brasília a fim de conhecer novos ares.



Nos encontramos também com o pequeno Gabriel que acreditava piamente que era o Pica-pau mas que não ria como ele pois estava sem voz.  Gabriel, digo... Pica pau cantou várias músicas e ao final de nossa visita conseguimos escapar por pouco sem levar nenhuma bicada. Próxima a ele estava o William, grande motorista de caminhão de plástico que não sai de são carrinho por nada neste mundo. Ele tentou nos dar carona mas o carrinho era um pouco apertado para nós todos e tivemos que nos contentar em terminarmos nossa visita a pé mesmo.




E foi assim que finalizamos mais uma visita atendendo um total de 7 pacientes na UCO, 8 pacientes na UTI Cirúrgica, 9 pacientes na UTI Pediátrica e 43 pacientes na Enfermaria.

Dr Fiote.








segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Visita dia 30/11/2014




Domingão de chuva e muita palhaçada no Instituto de Cardiologia do DF, conhecimento mundialmente com  IC/DF.
A plateia lotava todos os lugares, uma vez que foram distribuídos 49 ingressos para UTI´s, sendo: 9 para cirúrgica; 10 coronariana, 10 infantil e 48 para enfermaria.... ou seja, minha gente, lotação quase esgotada neste domingão!!!
Após a conferência dos números, partimos para o inicio do jogo, ops, digo, da palhaçada...kkkk
E começamos com duas enquetes. Quem descobrir as respostas ganhará um baita, digo, maravilhoso prêmio surpresa dos Andarilhos do Riso....
1ª enquete: Quem é a  “sombra” que visitou o IC?
 
 2ª enquete: Porque o Dr. Juquinha quando lava as mãos abre as pernas?
 Pois bem, minha gente, deixem seus comentários que vamos analisar e ver quem vai ganhar o prêmio....kkkk
Neste domingão, encontramos na UTI o Sr. Avianildo, e claro que de cara, ou seja, de primeira, descobrimos que  foi o pai dele que descobriu o avião... lógico, né?
E lá estava também o Sr. Juviniano, acho que é assim qeu se escreve...kkk, que é tão amado, tão amado, que tinha 3 amores lhe visitando, aja coração, heim!!! Por isso que ele foi recarregar as baterias, que transbordou de tanto amor...kkkk
A Pat, isso mesmo, amiga intima da Dra. Siri vai embora essa semana, vixe vamos sentir saudades depois de um tempão juntas...kkkkk... Mas a mae da Pat prometeu fazer uma comilança pra toda a palhaçada.... vamos cobrar heim d. Mãe....!!!!
Sr. Luiz Carlos tava toda animado e após varias gargalhadas, quando estávamos indo embora, nos chamou e contou uma piada muito engraçada....kkkk... vamos ter que renovar o repertório para contar piadas novas pro Sr. Luiz...heim!!!!
E como a festança tava boa neste domingão, a Dra. Siri e Serenata tiveram que dar uma demonstração de como se dança forro pé de serra.... Sr. Manoel nem piscada de tão concentrado... acho que era isso...kkkk.... e não é que no meio da aula, ou melhor, da dança, a marida, isso mesmo, a marida do sr. Luis entrou no quarto e tchan, tcham, tchan, pegou ele em flagrante aprendendo forro.... foi um susto, mas ela aprovou as professoras e deu o aval para a continuação da aula...kkkkk
E teve também um perseguido, é assim que fala minha gente.... deixa eu explicar.... o pai do Rafael de 1 aninho que estava na uti infantil gostou tanto dos Drs. Venancio e Jujuba que foi atrás deles no corredor para ganhar mais pirulitos... também com sabor de “amor” esses pirulitos fazem o maior sucesso....
E o Sr. Zé, caminhoneiro arretado disse que tá tão bom, mas tão bom, que não sabe o que foi fazer no IC.... Ora Sr. Zé, foi para conhecer os Andarilhos do Riso...kkkk
E foi assim que passamos essa tarde maravilhosa...
Estiveram presentes: Dr. Venâncio, Juquinha, Jujuba, Fofuxa, Serenata e euzinha, Siriguela.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Visita do dia 13.11.2014




Domingão, dia de sol (menos em Brasília), Cruzeiro campeão, show do meu amigo, Paul McCartney, mas nada disso supera o inigualável, insubstituível grupo que anima as tardes do ICDF aos domingos: Andarilhos do Riso.

E hoje tinha mais palhaço naquele hospital que barata em bueiro. Bateram o ponto: Dras Bacon, Bochechas, Fofuxa (eu, linda e fofa), Jujuba, Groselha, Tamps, Risoleta, e os Drs Rapalume e Vagadura, digo, Vagalume e Rapadura.

A visita começou repassando as instruções do jogo tático da professora Dra Sensação, seguida pela belíssima oração da Dra Jujuba e então seguimos nossa longa caminhada pelos corredores do IC (nem preciso fazer academia hoje, já fiz toda a parte de aeróbico só pra chegar em nosso posto de trabalho).

Encontramos 10 torcedores mirins na UTI Pediátrica, 8 torcedores fanáticos na Coronariana e outros 8 na Cirúrgica. Nas enfermarias, 32 clube-associados nos receberam, com bastante vibração.


O Seu Eulso, que tem no nome quase uma saudação mineira (Sou "eu, sô") nos encontrou na UTI, e não vê a hora de nos ver de novo domingo que vem. Está doidinho para pular o relógio logo para a outra semana, de tanto que não güenta de saudade. A gente se encontra na enfermaria, sô!.

E tinha o Gerardo, que é assim mermo, Gera-r-do, faz favô, que tava fazendo revezamento de filho e neto bonito no quarto. O José, vizinho de leito, não aguentou de inveja e chamou o sobrinho para ir visitá-lo também, e mostrar que a família dele faz homem bonito também.

Encontramos o galã do Seu Manoel já no corredor. Cês num acreditam, Manoel cuidava, há 52 anos, de um bigode todo trabalhado nos penteados, e teve que tirar pra fazer aquela hidratação dos pêlos do nariz que é feita quando ajusta as engrenagens do coração. Mas agora já tá deixando crescer de novo.

Também vimos o Seu Adão, que estava lá para contar a história verdadeira do Jardim do Éden para a gente. Na versão original dos fatos, o que ocorreu foi que Adão foi obrigado por Eva a comer a maçã, senão teria de lavar toda a louça do almoço. E assim as coisas desandaram, como conhecemos.

Tiveram muitos convites de almoço (nós nos convidamos para comer na casa do pessoal mais prendado, obviamente), choros de despedida (somos irresistíveis, mas ninguém precisa ficar no hospital só para nos ver) e sorrisos roubados também.

E assim nos despedimos de mais um domingo encantador nas terras do Instituto de Cardiologia, loucos de vontade de voltar logo.


Abraços fofíssimos!

Dra Fofuxa

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Visita do dia 16.11.2014




Mais um domingão de sol e lá parte o time dos Andarilhos para mais um atendimento.
E já na UTI estava ninguém menos que a D. Eulália, e ela nos recebeu com um sorrisão que dava gosto de ver. E ainda disse que adorou a nossa visita e que nós somos LIIINDOS (não se empolguem, no caso ela estava falando do Dr Venâncio e da Dra Groselha) .  Adoro gente sincera igual a D. Eulália (SQÑ )  rsrsrsrsrsrsr.
Ao lado dela estava o Sr Francisco, e descobrimos uma revelação bombástica sobre ele. Na verdade ele é o HOMEM ARANHA (ohhhhhh). E tava recebendo a visita do filho. Sabe quem é o filho dele???? O BATMAN (ohhhhhh).  Acreditam ???? Xiiii acho que deu a louca nos super-heróis,  kkkkkkk. E o Seu Francisco, ops, digo Homem Aranha, nos confessou que num tava se aguentando de vontade de dar umas voltinhas pelas paredes, aí como não podia, o jeito foi amarrar as mãos dele na cama. Esses super- heróis são muito danados hehehehe.
Na UTI tava tamém o Seu Osvanir, um minerim muito do isperto que tentou de todo jeitim nos convencer  quele  tinha 40 anos de idade. O prublema é que pela cara do homi ninguém dava mais de 25 anos uai.  Credincruis, nossinhora que homi da cara nova ...
Ah, e na UTI tinha também o Seu Juri, que nos contou um fato muito curioso que aconteceu com ele. Disse que tava no IC porque foi andar a cavalo, e aí numa curva acentuada a direita, num conseguiu  segurar e PUF, se estabacou no chão. Até aí já ouvi falar. O problema foi que com a queda ele disse que o coração saiu do lugar e foi parar no umbigo. Marminino, só seu Juri que consegue aprontar essas, rsrsrs.


E subindo pra enfermaria visitamos a D. Maria e a amiga visitante dela é uma manicure com mais de 35 anos de experiência. Aí já viu né ?!?! O papo esmalte foi longe e a Dra Groselha aproveitou pra pegar altas dicas se cores.
E no quarto do Seu Zé foi uma alegria só. Ele tirou fotos, mostrou vídeos e disse que o domingo foi o melhor dia dele no hospital, só por conta da nossa visita. Eita nóis, rsrsrsrsrs
Ah, e a Dra Bacon que arrumou um parceiro de dança. É o Seu Francisco, um baiano arretado que disse quando sair vai se acabar no forrozão com a Dra.  Arrrocha Bacon, kkkkkkkk.
E no IC também é o lugar para arrumar novos amigos. Que o diga o Seu Geraldo e Seu Celso. Já são tão amigos  que só querem sair de lá se forem ‘‘ as duas juntinhas ’’. Diante da nossa cara de estranheza, o Seu Geraldo logo explicou ‘‘ as duas PESSOAS’’ doutores, e deu uma bela risada. Ah tá, Seu Geraldo, ainda bem que o Senhor explicou, rsrsrsr.
E outra amizade linda no IC é da Letícia e da Isadora, ambas de 1 aninho. Elas entraram juntas, fizeram todos os procedimentos juntas e agora estão na enfermaria esperando a alta e tudo indica que vão sair juntas também. Lindas demais essas meninas...
Continuando nas nossas lindas crianças, encontramos o Vitor de 7 anos que disputou um campeonato de bolinha de sabão com a Dra Siri e ganhou. O pai dele ficou rindo da Dra que perdeu, aí ela botou o pai pra disputar com o Vitor também. E num é que ele perdeu também, tooooma pai, foi rir da Siri, rsrsrsrsrsrsr.
E pra encerrar as nossas fofuras mirins da enfermaria,  a Rayane de 8 anos convidou todos os Drs para ir lanchar na casa dela. Huuuuummmm, e disse que ela mesma vai fazer o bolo. Oh, menina prendada! Ah, e disse que se a gente for visita-la mesmo, ela vai até arrumar o quarto, kkkkkkkk.
E foi isso pessoal... estiveram presentes os Drs Rapadura ( que vos fala), Fiote, Venâncio, Groselha, Siri e Bacon, atendendo um total de 8 na UTI Coronariana, 7 na Cirúrgica, 7 na Pediátrica e 40 na Enfermaria.



Até a próxima!

Dr Rapadura


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Visita dia 09/11/2014


Boa noite!
Nesta terça feira chuvosa, vamos fazer pipoca, ir pra debaixo da coberta e ler mais uma história sobre o domingo no IC.

Às 15h em ponto nosso querido Dr Vagalume,  deu à luz.... Sim, uma luz amarela a nossa corrente, pedindo que todos os doutores fossem iluminados para que todos os pacientes recebessem as melhores vibrações de cada um de nós.
E lá fomos nós,  quando então Dra Sorriso e Dr. Vagalume se depararam com uma escada imensa, que nem dava para ver o fim e resolveram então seguir pela rampa mesmo.

Chegamos na UTI pediátrica, onde dez anjinhos nos aguardavam, as doutoras começaram a disputar uma dizia no 6 não,  a outra dizia no 1, no10 e no 9 não, desta vez tinha um doutor grandão que colocou ordem na casa, disse em todos bem calminhos e no murilo até ele cansar, eeeehhh, fomos cantar nos quartos e o Dr. Grandão até acompanhou nossa visita ao Murilo que primeiro cantou com o Dr Wally e Dra Jujuba,  depois com Dr. B e Dr. Juquinha e por fim fez mágica com Dr. Vagalume e a Dra Sorriso, missão dada é missão cumprida. 
Ainda na UTI encontramos a Kathellen que não queria papo, só dizia não... Perguntamos se ela queria ser nossa amiga, se a gente era feio, se era bonito, se queria pirulito; só ouvimos não , até que vimos que ela estava com sua boneca, perguntamos o nome e a linda Kathellen soltou é minha. Mesmo dizendo que não , ela pegou nosso pirulito e mais tarde foi flagrada por todos os doutores, na enfermaria saboreando, mas continuou com o não, não , não ... Nós gostamos, mesmo assim.
Na UTI coronariana haviam 10 queridos e entre assistidores de  corrida e comilões, encontramos o Paulo Ernandes que tirou o F achando que a gente não ia pedir convite pro show da irmã dele, pedimos e ele garantiu que vamos todos com direito a foto no camarim. Ihuuu!
Na UTI cirúrgica haviam 8 dorminhocos, mas Dr B e Dr Juquinha cantaram umas musiquinhas de ninar e ninguém acordou...
Fomos, então, para enfermaria, onde o Sr João Batista falou que apostou com o médico que após a cirurgia lutaria com o Silvester Stalone, mas como Silvester Estava longe, a luta ia ser cancelada , mas tem rumores pelos corredores que o homem está no Brasil, seu João ficou preocupado e tá pensando em esperar ele voltar para longe para voltar a falar no assunto.
Mas o melhor, foi o final, alguma idéia?

Como só descobrimos que eram 27 os pacientes na enfermaria no final, fomos brincar com as doutoras enfermeiras, então surgiu a brilhante idéia, e Dr B, tocava uma, duas ou três notas, elas tinham que adivinhar qual é a 🎶 música, alguém tem dúvida que foi o fim de tarde mais divertido do IC?
E assim o dia acabou e  eu Dra Jujuba junto com a Dra Sorriso e os Drs B, Juquinha, Vagalume e Wally desejamos uma semana bem doce e colorida para todo mundo.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Visita do dia 02.11.2014





E entram em cena o elenco dos Andarilhos do Riso para mais um belo domingo de atendimento no IC. E neste episódio tivemos a participação especial de um trio de Doutoras ‘‘ lindíssimas’’ sendo Groselha, Siri e Tamps. E também um quarteto de Doutores bem ‘‘ legais’’ (kkkkkk zuei agora) sendo Berinjela, Fiote, Rapadura e Venâncio.



Começando os trabalhos nas UTIs encontramos logo de cara o Seu Enrico Domenico (nome chique né?) um Suíço que já vive há tanto tempo na nossa terrinha que já se considera um legítimo brasileiro. Hum, agora entendi porque o nosso chocolate ficou tão gostoso, foi o Seu Enrico que trouxe o segredo do chocolate suíço escondido na mala. E nesse domingo, o suíço mais brasileiro que existe tava tão animado, tão bem disposto que fizemos questão de saber o que ele tinha tomado. E não é que descobrimos. Foram muitas dose de amor. Eu bem desconfiava que remédio melhor que esse não há.
Lá também estava a D. Albertina recebendo a visita da nora. E elas gostam tanto, tanto, tanto uma da outra, que ficamos encantados como uma sogra e uma nora se davam tão bem. Viu gente, como nem sempre as piadas de sogra são verdadeiras. Ainda bem né?!
Mais pra frente tava o Seu Gilson, um goiano lá de Jataí que não via a hora de ir emborasó pra comer pequi e gueroba. Eita que aí é um legítimo goiano mesmo, rsrsrsr. E na saída das UTIs, lá na recepção, fizemos um flagrante. A mãe do Artur tirando meleca do pai dele. Acreditam ??? O fato rendeu até versão de música by Berinjela  e Rapadura.
Eu gosto tanto de você
Que até prefiro esconder
Deixo assim, ficar ‘‘ tão entupido’’
Como uma ‘‘ meleca’’ que existe ‘’no nariz’’
E não tem a menor obrigação de ‘‘ sair’’
Eu ‘‘não’’ acho tão bonito isso
De ser ‘‘ entupido’’, baby
A ‘‘ nojeira’’ é mesmo tão fugaz
É uma ‘’ meleca’’ que existe ‘’ no nariz’’
E não tem a menor pretensão de ‘’ de deixar você’’
Pode até parecer ‘‘ nojeira’’
Pois que seja ‘‘ nojeira’’ então
A alegria que me dáIsso sai sem eu  nem ver...
Kkkk bom, eu acho que foi assim. Quanta nojeira, ops, quer dizer quanta besteira meuDeus, rssrsrrs. Deixando  as  melecas  de  lado,  subimos  para  a  enfermaria  e  lá  encontramos  a  D.Francisca. E acreditam que ela imediatamente reconheceu a Dr Siri . E olha que a última vezque ela a viu foi há 5 anos. Isso que é memória boa hein em D. Francisca ?!Em outro quarto tava o seu Raimundo acompanhado da filha, que ele logo fez questão de dizer que era linda (e era mesmo viu). Aí conversa vai, conversa vem, descobrimos que o Seu Raimundo era um maranhense muito do namorador quando mais moço. Danadinho, heim, Seu Raimundo, rsrsrsr. Na enfermaria também tava a D. Eusomar (escreve assim mesmo viu, rsrs) que é super querida e amada por mais de 1000 crianças. Como assim??? Eu explico. Ela é merendeira numa escola que tem mais de 1000 alunos. E a tia do lanche é sempre uma das preferidas,porque afinal, meu lanchinho, meu lanchinho, vou comer... Oh hora boa essa do lanche. Tenho certeza que a criançada tá morrendo de saudade da D. Eusomar e do lanche dela é claro rsrsr
Ahhh, não podíamos esquecer o quarto dos pescadores. Aí você pensa: Ué tinha mais de um pescador no quarto??? Não, não. Mas não sabíamos qual dos dois mentia mais, aí receberam o mesmo apelido, rsrsrsrsrs. E o nosso domingo tava meeeega internacional. Além do seu Enrico (o suíço lá do início)encontramos também um japonês muito gente fina, o Seu Roberto Ishiki... (xiii esqueci como escreve o resto) que traduzindo significa ‘’ pedra que corta montanha ‘‘. Olha que forte!!! Forte igual o Seu Roberto que vai embora logo logo. Na verdade ele só tá esperando a D. Masako, a esposa dele, terminar um lindo tapete de crochê que tá fazendo. Vixe, acelera a agulha aí D.Masako, rsrsrsr. Continuando o tour internacional achamos o seu Blasco ( aí já é origem espanhola) quenos confessou que tava desconfiado que a filha e o neto foram lá só pedir dinheiro emprestado. Tavam iludidos que seu Blasco tinha grana só porque o sobrenome dele é Ourofino. Saíram sem nada, né Seu Blasco ??? rsrsrsr Mais adiante encontramos o Johnny Maclaine, assim mesmo Johnny Maclaine...
Armaria, são tantos internacionais que o tico e o teco já tão doidinhos. Melhor parar por aqui.E  no  total  atendemos  nesse  domingo,  7  na  UTI  cirúrgica,  7  na  coronariana,  9  na pediátrica e 28 na enfermaria. 



Beijos

Dra Groselha