• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







terça-feira, 29 de julho de 2014

Visita do dia 27.07.2014





Frio geralmente é visto como algo desanimador, o motivo pra nossa preguiça, momento para não atender nem ao telefone... Num domingo então!

Pois é, aí que vocês se enganam... Para nós, do Andarilhos do Riso, não tem tempo ruim.

Nesse domingo, em especial, pegamos a motivação interna, a palavra amiga, a piada na ponta da língua, alguns apitos, pirulitos, balões e bolas de sabão e fomos esquentar um pouco os corações dos enfermos do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal. 

Após nossa costumeira oração inicial, fizemos uma caminhada até a portaria principal do IC-DF para dar aquela aquecida no esqueleto. Dra. Cuca estava trajada com roupas próprias para escalada do Everest do Bom Humor. Toda paramentada com suas pantufas de Minions e seu pato guarda-chuva, essenciais para espantar a friaca e conquistar a atenção dos pacientes.




Começando pela UTI Pediátrica, encontramos novamente nossa amiguinha mirim Rayanne. Ela estava um pouco entediada pois o quarto parecia uma geladeira! Ela estava com tanto frio que tinha luvas de gaze nas mãos.  Outros seis pequeninos também sentiram o mesmo gelo e preferiram o silêncio e o aconchego de seus agasalhos e mantas. 
Tinha também uma  boneca de neve no corredor. Era a Kamilly. Jogamos balão para que ela descongelasse o movimento da mãozinha direita. No quarto dela também cantamos o repertório da Galinha Pintadinha para acalmar seu treinamento para astronauta.

O Frio bateu também na UTI Cirúrgica. Todos os dez pacientes embaixo dos cobertores e roncando. Chamamos esse período de hibernação. Assim, nossos pacientes não gastam suas preciosas calorias e aguardam a chegada de outra estação :) 
Um deles acordou e pudemos conversar um pouco. Seu Anastácio nos contou que, além do frio que passou na noite anterior, foi dono de bar em Sobradinho. O empreendimento fez seu Anastácio enfartar em 1994, em 2004 e agora em 2014. A esposa dele o pressionou a passar o negócio pra frente sob o aval de todos nós Andarilhos. 




A temperatura foi subindo na UTI Coronariana, mas mesmo assim ainda encontramos seis "ursos polares" hibernando, três pacientes ainda estavam acordados. O primeiro que conversamos foi com seu José. Ele estava acompanhado de sua mulher. Nos contou como foi que se conheceram e há quantos anos que já estão juntos. 
Já dona Joana estava em posição de conchinha e conversou rapidamente com a gente para dizer que estava sendo bem cuidada pelos doutores e que esperava sua fez para entrar no centro cirúrgico nesse início de semana.
A única calorenta que encontramos na UCO foi dona Anita (não, não é aquela do "Pre-para"), uma baiana arretada que estava doida pra voltar para sua terra. Ela disse que seu marido até chorou na visita, pois não sabia como ficaria sozinho na terrinha.

Na enfermaria o clima estava bem mais ameno. A tia da dona Maria veio com uma história de pescadora de que nadava no rio e pescava peixe com as mãos. No rumo dos causos também teve seu José de Arimateia. Conhecido também como José de Ariteteia, docinho de coco das novinhas e xodó das veias. Ele disse que está escrevendo um livro sobre sua recuperação e que dedicará um espaço para os que o ajudaram no hospital. Inclusive nós!!!
Uma bolinha de neve de apenas dois meses e com duas bilocas azuis no lugar dos olhos chamou a atenção. Dr. Venâncio ficou num colóquio nenenês até a pequena soltar sorrisos lindos. Dra. Cuca ficou super empolgada e decidiu interagir com a figurinha. Mas, para a surpresa dela, a pequena Gabrielly enrugava a testa e fazia boquinha de choro. Dr. Venâncio salvou o dia dela voltando a falar nenenês e ela o retribuiu com mais sorrisos.

E para finalizar nosso atendimento, recebemos palmas da dona Maria ao entrar em seu quarto, pois ela não podia falar no seu treinamento para astronauta, mas adorou nossa visita.

Presentes nesse atendimento estavam os doutores mais calorosos do pedaço: Doutores Venâncio, Juquinha, Rapadura e as Doutoras Sensação, Bacon, Cuca e Risoletta.




Até a próxima!!