• Título

    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais

  • Título

    Um dedo de prosa sobre nossa história

  • Título

    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil

  • Título

    Divulgação, contato e apoio

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Visita do dia 27.12.2015 - Última visita do ano!



Adeus, ano velho!
Feliz ano novo!
Que tudo se realize
No ano que vai nascer!
Muito dinheiro no bolso
Saúde pra dar e vender!

   Bom dia, boa tarde, boa noite queridos leitores !!! 

   É nesse clima que iniciamos a ÚLTIMA visita de 2015 dos Andarilhos do Riso no IC-DF! Com a presença das Dras. Fofuxa, Risoletta, Cuca, Sorriso, Xamixuga, e os Drs. Vagalume e Pisca-Pisca.  Mas não se preocupem pessoal, nossos Drs. não gostam dessa história de recesso não, domingo que vem tem MAIS! 

   Dando início a visita fizemos nossa oração para agradecer pelo trabalho cumprido com muita alegria e amor durante mais um ano de Andarilhos do Riso, e seguimos em ritmo de ano novo com 1ª parada no 5º andar. 

   Na nossa calma, porém finíssima UTI tivemos a oportunidade de conhecer o seu Trajano, comandante da marinha que nos contou a aventura que foi seu nascimento! Vocês acreditam que o homem, na época bebê, não esperou para nascer no hospital?! O apressadinho nasceu na beira do rio mesmo! Sem mais nem menos assim, só nasceu. Seu Trajano, Seu Trajano, ainda bem que hoje o senhor é calmo, pq apressado desse jeito dá muito trabalho homem! 

   Também visitamos ( pelo menos tentamos) o seu Manoel, que estava devorando seu bolo com tanto entusiasmo que parecia bolo de aniversário! Devia estar uma delícia mesmo em! Mas ele nos falou que preferia que fosse de manga como o suco, pois ele adora manga e tudo podia ser de manga, que ele iria adorar! Haja manga Seu Manoel! 

   Pulando para nossas crianças lindas do 5º andar recebemos uma super missão, em especial para os Drs. Vagalume e Beringela, seguinte estimados doutores, o Gabriel já descobriu todas as mágicas !! Precisamos de novas! 

   Seguindo para a enfermaria fizemos mais uma descoberta Geográfica! Isso mesmo! Descobrimos por que a Região Administrativa Valparaiso recebeu esse nome! Pois bem, o Jonatas nos contou que as primeiras pessoas a residirem ali eram imigrantes vindos de Valparaiso do Chile, isso mesmo gente, existe outra cidade denominada Valparaiso, mas é no Chile! No mesmo quarto nosso querido Jorge estava bem melhor e nos ensinou a gesticular o FELIZ ANO NOVO! Esse IC é pura cultura! A D O R O! 

   Percorrendo o corredor do lado direito de quem chega conhecemos a  
Dona Carme (nome artistico), natural de Unaí, que é contadora de história! Ela falou que vai fazer um super curso para o os Andarilhos e nos ensinar a tocar violão, gado, porco.. Não entendemos direito como que funciona esse negócio de tocar porco.. Mas né, vamos lá! Aprender sempre é lucro! Ahhhh, e ela nos ensinou que o segredo de um bom casamento é ficar longe. #ficaDica! 

   Para finalizar nosso última visita do ano, como Doutores disciplinados e sérios que somos o General Sombra fez questão de nos ensinar a marchar e fazer continência. Pode deixar que vamos fazer direitinho viu General Sombra! 

    E foi assim que encerramos 2015 !! 

    Desejamos a todos uma ótima passagem de ano, muita luz, paz, alegria e saúde para 2016! 

   Foram atendidos 7 pacientes na UTI cirúrgica, 6 na Coronariana e 9 na pediátrica, com mais 48 da Enfermaria, encerramos o ano com 70 atendimentos!!!! Parabéns a todos os Doutores e Doutoras, ano que vem tem mais! 

Beijosinhos!! 
Dra. Risoletta. 

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Visita de Natal 2015


Andarilho do Riso, você rói as unhas? Rou, rou rou...

Papai Noel estava naquela correria habitual da entrega dos presentes e pediu ajuda aos Andarilhos do Riso para a entrega em um único endereço, mas de onde vieram muitas cartinhas: o IC-DF. Como os Doutores Palhaços estavam de recesso, pediram ajuda a uns colegas, passaram procuração e lá foram estes entregar os presentes.

Ao entregar o presente do Luciano, ele disse que não era bem aquilo que havia pedido na cartinha, mas agradeceu assim mesmo. Será que Papai Noel se confundiu?

















Bem, a entrega correu tranquila, com uma única observação digna de nota: uma entregadora de duas cabeças.
Estranho.

Os Andarilhos do Riso desejam a todos um Feliz Natal, com muita alegria e renovação da esperança e das forças para lutar, lembrando do verdadeiro significado do Natal, que é o nascimento de Jesus.

Receberam a resposta de suas cartinhas 9 Pequeninos na UTI Pediátrica, 6 remetentes da UTI Coronariana, 5 da UTI Cirúrgica e 46 da Enfermaria.


Estiveram presentes os representantes da Dra Siriguela, da Dra Sorriso, da Dra Risoletta, do Dr Vagalume, do Dr Berinjela da Dra Barbarela (essa está em Cuiabá-MT) e da Dra Sensação.

Deixo um poema de Cora Coralina:

Poema de Natal

Enfeite a árvore de sua vida
com guirlandas de gratidão!
Coloque no coração laços de cetim rosa,
amarelo, azul, carmim,
Decore seu olhar com luzes brilhantes
estendendo as cores em seu semblante
Em sua lista de presentes
em cada caixinha embrulhe
um pedacinho de amor,
carinho,
ternura,
reconciliação,
perdão!
Tem presente de montão
no estoque do nosso coração
e não custa um tostão!
A hora é agora!
Enfeite seu interior!
Sejas diferente!
Sejas reluzente!

Um beijo com sabor de rabanada,


Dra Sensação.




quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

visita do dia 20/12/2015


                    Obaaaa, chegando mais um relatório desses doutores palhaços!!  E nesse domingo rolou até uma chuvinha para refrescar. Assim, na verdade não foi uma chuva com muita água, mas no estado em que estamos uma gotinha ajuda, uffa...

Agora vamos para a parte mais interessante caros leitores....



                 Estavam presentes os doutores Vagalume, Berinjela, Juquinha, e as doutoras Rapunzel, Penélope, Batatinha, Cuca, Sorriso e Fuxico. 

             Após a nossa oração, seguimos cantando, tocando, dançando “bola de meia, bola de gude”.
           Como de costume começamos pelos pacientes mais fofuxos do IC, e dessa vez tinham 10 pequeninos nos esperando. Encontramos o Gabriel que recebeu um show de mágicas do Dr. Vagalume, mas ele é tão esperto que descobriu os segredos das mágicas, agora o doutor terá que aprimorar esses truques.

           Encontramos também a Rafaela que adorou cantar com o Dr. Berinjela e fez a melhor imitação de Leoa da história do IC. Foi tão boa que até pensamos que havia uma Leoa de verdade escondida embaixo da cama. Uffa, que susto que a Rafa nos deu!


           Gente estava rolando uma campanha lá na UTI pediátrica chamada “deixe aqui o seu”. Bem, como não sabíamos o que era pra deixar resolvemos deixar um dos nossos lá e o escolhido foi o Dr. Juquinha, espero que ele esteja bem rsrs. 


             Agora vamos relatar o que aconteceu na enfermaria..
           Encontramos o Sr. Geraldo que é ex namorado da Regina Casé! Porém ele levou um fora dela e não suporta falar o nome dela. Ficou traumatizado, coitado.
            Visitamos também o Sr. Luciano que é um velho conhecido da Doutora Cuca. Eles se conheceram em uma padaria comendo pequi no interior de Goiás e agora, depois de muitos anos, eles se reencontraram. Será que foi o destino que os uniu novamente?
          Pedrinho que é tão apaixonado por helicópteros que estava com um de verdade dentro do quarto. Só estava esperando a hora de voltar pra casa para poder sair dali já voando.
          O Bryan estava com toda família reunida e deu uma aula de parentesco pros doutores. Teve tia avó, prima de segundo grau e tudo mais. Os doutores ficaram confusos de mais da conta, mas depois da aula do Bryan tudo ficou mais claro.
Samuel nos surpreendeu, ao invés de nós cantarmos para ele, ele cantou pra gente a música da galinha pintadinha e com direito a dança e tudo mais. Precisamos pegar umas aulinhas com ele.
             Sr. João dançou um forró pé de serra com a Doutora Fuxico ao som de asa branca. Pena que a doutora não aguentou o ritmo dele e teve que parar antes da musica acabar.
          O Sr. Nivaldo disse que os homens um dia se tornarão obsoletos porque as mulheres dominarão o mundo. Ele comentou que só estão nascendo mulheres bonitas hoje em dia.          As doutoras Rapunzel e Sorriso, espertas que são, prontamente disseram que eram mulheres jovens pra ver se arrecadavam um elogio...ainda estão aguardando.

Tinham 7 pacientes na UTI cirúrgica, 5 na UTI coronariana, 10 na UTI pediátrica e 52 na enfermaria.
E nesse clima de fim de ano, desejamos a todos os nossos leitores e pacientes um feliz natal e um ano novo cheio de saúde e felicidades para compartilhar.


Um beijo da Dra. Batatinha =oD

“Batatinha quando nasce
esparrama pelo chão.
Não fiquem tristes meus amigos,
os andarilhos retornarão!”


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Visita do dia 13/12/2015



               
               Mais um domingo chegou e, com ele, é claro, chegam também os Andarilhos do Riso para fazer a alegria do Instituto de Cardiologia - IC/DF.
               
               E, na verdade, nem só a alegria é feita por  esse  grupo,  mas  a  ordem  também.   Não está entendendo nada?

               Explico: chegamos aos quintos do IC e, adivinhem! 
              
              Todos os acompanhantes estavam presos do lado de fora da recepção, porque o Pega-Côco-Sem-Vara só podia liberar a entrada após a nossa chegada.
          (Pra quem não lembra do Pega-Côco-Sem-Vara, olha aí ele!)


                   Demoramos um tempo pra entender isso – pensamos que a fila era para a distribuição de senhas pra beijar o Dr Rapadura -, e até nos explicassem, o doutor já estava todo gaiato preparando os beiços.
Mas sim, quando finalmente a entrada foi liberada, descobrimos que colocaram sonífero no almoço dos 8 dorminhocos da UTI cirúrgica, que estavam em seu terceiro sonho. Já a UTI coronariana estava lotada, com 11 pacientes queridíssimos. Foi lá que encontramos dona Menina  e sua irmã, que tinham acabado de descer da enfermaria.

       E se você me pergunta: o que houve com a dona Menina para que ela voltasse para a UTI, eu te conto esse causo.    
       Na verdade, embora ela achasse que tenha descido para tomar um medicamento, a mudança de andar foi um pedido especial da irmã dela, que estava acompanhando dona Menina há 6 dias e não aguentava mais encontrar a gente pelos corredores do hospital. 
          Aí a digníssima dona irmã pediu que colocassem Dona Menina na UTI, onde não pode ficar acompanhante e, assim, ela deu o jeito de ir embora. Vê se pode?


                 Oito pequenuchos foram vistos pelos doutores Pisca-Pisca e Rapadura na UTI infantil, e 47 contadores de histórias nos receberam na Enfermaria.
                 E que histórias! Encontramos a versão bonita da Ana Maria Braga (que fique claro que era a versão bonita, viu?), e também a dupla sertaneja Luciana Regina & Luciano Jorge. Eles são da única cidade do ABC paulista que puxa o R, e em homenagem, Luciana Regina já escolheu o nome do primeiro filho que tiver: Berrrnarrrdo.

                Tivemos também o encontro com a Dona Delcina, que gosta tanto da gente que não quer ir embora. Vamos precisar do plano B para expulsá-la (que o Dr. B já fique avisado). E teve ainda a Dona Rosa, que tem 8 filhos, 15 netos e 4 bisnetos, e a Dona Maria, que tem 7 filhos, 13 netos e 6 bisnetos. Nós decidimos que vamos casar o neto de uma com o neto da outra, só pra ver como vai ser uma festa de casamento com esse tanto de gente.

                 E pra acabar, como está chegando o Natal e todo mundo sabe que Natal é época de reunir a família – nosso grupo de doutores fez até um comercial que tá bombando na internet falando sobre isso -, nós reunimos também essa família que há quase um ano não se via: Dr Vagalume com seus primos, Dr Pisca-Pisca e seu gêmulo homônimo, pisca-pisca que, tadinho, foi enrolado na árvore. kkkkkkkkk

E assim acabou mais um dia maravilhoso no IC/DF.             
             

Estiveram presentes os doutores Juquinha, Pisca-Pisca, Rapadura, Vagalume, e as doutoras belíssimas Fofuxa (que aqui escreve), Fuxico e Groselha.


             Até a próxima!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Visita do dia 06/12/2015


Respeitável público! Senhoras, senhoros, crianças e crianços, tudo bão cocês?!!! Neste domingo, mais uma vez, entraram em cena os doutores palhaços mais amados, idolatrados e abestalhados do IC-DF: nós, os ANDARILHOS DO RISO!

 


                     Já estamos no mês de dezembro, meu povo. Quando que o ano passou e eu não vi? É chegada a hora de discutirmos os assuntos mais importantes da existência humana. Vamos lá: os quitutes da ceia de natal devem levar uva passa ou não? É melhor panetone ou chocotone? É pavê ou pacumê? São tantas dúvidas. Meu cérebro está até fritando. Hnnn.. falando nisso, vontade de comer rabanada  frita  que me deu agora. Nhaaaam!!!!
 
Er.. oops… hehe...enfim… Apesar de todos saberem que eu sou extremamente inteligente, sábia e astuta, não é mesmo? ˜˜não respondam˜˜ eu não tenho todas as respostas do mundo. Chocante, eu sei, mas é verdade. Tudo que eu tenho certeza é de que ano vem, ano vai, ano vem de novo e nós, os andarilhos, continuamos domingando com os pacientes mais amados do Brasil.  =D

                                 Começamos a visita com uma oração feita por mim, Dra. Rapunzel, a princesa palhaça dos cabelos tingi..naturais de um reino nada distante. 

                                 Em seguida, demos de cara com o senhor Adair. O homem sabe fazer de tudo e mais um pouco, gente. É formado em direito, mas ganhou a vida vendendo filmes e discos nos tempos áureos de Discoteca 2001 e Mesbla (se você se lembrou da Mesbla, jovem sujeito não é). Só que o homem não parou por aí não, ele foi também músico, cantor, engraxate... tudo isso viajando esse país todinho. Andarilho desse jeito, já pode até fazer parte do nosso grupo, seu Adair. 


No meio de nossa andança, encontramos seu Welson, que estava super emocionado com a cantata de Natal que estava acontecendo pelos corredores da enfermaria (muito linda, por sinal). Mas ele logo se esqueceu da emoção quando se lembrou da vontade incontrolável que sentia de comer uma pamonha. Pena que ele só poderá comer a iguaria goiana daqui dois meses, no carnaval. Por conta disso, seu Welson nos revelou que já estava até imaginando a Globeleza embrulhada numa casca de milho e arramada por uma liguinha de elástico. 

#SomosTodosEspiga

Visitamos também o seu Antoniel, que não deixava os doutores desviarem a conversa do assunto preferido dele: o Vasco. Vascaíno roxo (ou seria preto e branco?) esse rapaz, viu!

Depois, conversamos com a Dona Eliane. Ela nos contou que, logo antes de nossa chegada, tinha pensado que estava enfartando... mas não se preocupem, leitores, ela logo percebeu que eram só gases mesmo. Ufa! Segundo nossa amiga, isso é normal em sua vida, pois: “eu sempre viajo na batatinha e escorrego na maionese” (ELIANE, Dona, 2015).  

 
                                   Batemos um papo sensacional com a Dona Maria, mulher da mais alta realeza - como eu - que só chama o marido de LORDE. Achei bonito! Dra Groselha - muito romântica - se apressou em afirmar que também tem um apelido carinhoso para o Dr. Rapadura: TRASTE. Achei diverso!

Na visita de hoje, encontramos 10 ajudantes do papai noel na UTI Pediátrica; 11 cantores de coral na UTI Coronária; 10 montadores de árvore de natal na UTI Cirúrgica; e 49 mecânicos de trenó na Enfermaria.


Estavam presentes os doutores Pierre, Rapadura, Groselha, Risoleta, Berinjela, Batatinha e Rapunzel (mais conhecida como EU). 

É isso, galera. Obrigada por acompanharem nossas aventuras.

Nos vemos domingo que vem, senhoras e senhoros.

Fecham-se as cortinas. 

Dra. Rapunzel

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Visita dia 29/11/2015

                           E aí, galera do bem! Todo mundo pronto para mais um capítulo do diário de bordo  dos Andarilhos do Riso? Então, vamos lá!

(Vocês sabem que, quando é a Dra. Fuxico quem faz o relatório, ele vem cheinho de fuxicagem, né? Comecemos, então, pelos bastidores de mais uma animada visita dominical ao Instituto do Coração de Brasília)


                     Como vocês podem ver na foto, as Doutoras Fuxico, Risoleta, Bochechas e Fofuxa estavam mais lindas e encantadoras do que nunca. E os Doutores Pisca-Pisca e Pierre, bem... o importante é ter saúde, não é mesmo? Hahahahahahahaha brincadeirinha, menininhoslindosdonossocoração!!!!
        
                                    Nossa equipe chegou cumprimentando alegremente os adultos e distribuindo pirulitos para as crianças que estavam na recepção. 
                         Subimos para o andar das UTI’s, demos um alô para os acompanhantes que estavam do lado de fora e entramos para iniciar a visita aos pacientes. A primeira pessoa que encontramos foi o nosso “pequeno” amigo, Enéias:

       Não é á toa que o Enéias recebeu o carinhoso apelido de “pau de selfie”.
 Ele é só o dobro do tamanho da querida Risoleta!
         
            Agora, chega da fuxicagem de bastidores e vamos às histórias colhidas neste lindo domingo:
         
             Dra. Groselha e Dr. Rapadura tiveram a imensa alegria de visitar o baby Lucas Gabriel que, apesar de ainda não saber falar, já soube premiar o Rapadura com um exclusivo TROFÉU JOINHA! Não acreditam?                                        
                 Faz aí, Rapadura, como o Lucas fez para você:

               Eu também quero um Troféu Joinha, minha gente!            Como faz para conseguir um desses? Conta aí o segredo, Rapadura!

               
   Bem, além de premiação, as Dras. Fofuxa e Risoleta me contaram que ia rolar um forrozinho no IC. Elas disseram que o seu João dos Navegantes é quem estava à frente dos preparativos e que ele ia aproveitar a festa para colocar o papo em dia com um amigo dele que, por coincidência, também está no hospital! Eita, povo animado!!!

    Animada estava, também, a Dona Justina, baiana de Jaborandi, que já recebeu a gente com um Chamei, Chamei”! Lembrei daquela aluna, Marina da Glória, da Escolinha do professor Raimundo, vocês lembram? #anos80


       A Dona Justina estava acompanhada de duas filhas e um genro e contou para nós que tem outros três filhos que moram em Jaborandi. Família grande e amorosa que sempre dá apoio e carinho para ela.

         Da bela cidade de Maceió, veio a Dona Eliane. Quem olha para ela, não acredita que ela já tem até uma bisnetinha de 3 anos! E a Dona Cecília, de Paracatu, que tem uma bisneta de 7? Nenhuma das duas aparenta já ser bisavó! Vou dizer uma coisa: eu quero o endereço da Fonte da Juventude! Será que são as belas águas do mar alagoano? Ou o ar abençoado das Minas Gerais? Um dia, eu descubro!
     
     E foi com imensa satisfação que vimos a jovem Edna toda serelepe, mostrando fotos da filha Giovanna, que já está com 4 meses! A Edna conta sempre com o olhar cuidadoso do maridão!

    Os companheiros de quarto Roberto e Antonio também estavam esbanjando alegria, acompanhados, respectivamente, da sobrinha e da mãe. Conversamos bastante, animadamente, e falamos que essa boa energia era um ingrediente importante para a melhoria da saúde, no dia-a-dia.


     Foi uma alegria, também, visitar os pequenos João Gabriel e Rosana! O João demonstrou que é um verdadeiro campeão de estourar bolinhas de sabão! E a Rosana foi a nossa personal coreógrafa! Pulamos, dançamos a “Macarena” e rodamos até ficarmos tontos!  Bom demais da contaaaaaa!!!!!!


Mais difícil do que dançar a Macarena é manter um casamento por 44 anos. E sabe quem conseguiu essa proeza? O seu Lindenbergh, fuzileiro naval botafoguense que, junto com sua digníssima esposa, está às vésperas de suas Bodas de Rubi (45 anos de casados). Perguntamos qual era o segredo de um casório duradouro. A resposta do seu Lidenbergh foi: “Um tem que aturar o outro”. Tá certo, então!


Eu termino este informativo relatório com uma história impressionante, contada pelo esposo da paciente Maria da Glória: ele disse que conheceu um homem de 80 anos que nunca, nunca, nunquinha TOMOU BANHO! Ele se asseava apenas com uma toalha molhada; chuveiro, que é bom, nem pensar! Perguntamos se era mesmo verdade isto, ou se era só “causo”. O marido da Dona Maria assegurou que era verdade... fica aí, então, o registro dele porque, como vocês já sabem, LONGE DE MIM FAZER FUXICO, NÉ, GENTE?

Na visita de 29/11/2015, eram 10 os pequeninos da UTI Cardiopediátrica; 09 amigos do peito na UTI Coronaria; 10 vencedores na UTI Cirúrgica; e 54 companheiros na Enfermaria.

Os Andarilhos do Riso desta visita foram os doutores: Fofuxa, Risoleta, Bochechas, Groselha, Pisca-Pisca, Pierre, Rapadura e euzinha (Fuxico).


terça-feira, 24 de novembro de 2015

VISITA DIA 22/11/2015




 Ói nóis traveis aqui, minha gente! Não tem jeito, nóis vai mas sempre vorta!

E como acontece todo domingo, os Andarilhos do Riso estiveram no IC/DF mais uma vez numa tarde ensolarada e amena. Ok, tava meio nublado e depois ficou um calor da muléstia, mas como dizem por aí que frio e calor são psicológicos, na minha cabeça, estava uma tarde ensolarada e amena...

Por falar na minha cabeça, vou deixar uma pergunta: que que vocês pensam a respeito do cabelo do Dr. Juquinha? (tô até com medo das respostas!) É porque teve um paciente que perguntou se eu usava peruca. Isso é um bom sinal? Ou será que está somente na hora de cortar o cabelo?

Iniciando a visita na UTI Cirúrgica, onde visitamos 10 pacientes, a Dra. Mindinha e o Dr. Juquinha conheceram os irmãozinhos Rubinha e Robertinho que foram visitar o Gilmarzinho. Que bonitinhos!!! Mesmo adultos, eles se tratam da mesma forma carinhosa que na infância... 

Eles vieram de Ubatã, uma cidadezinha bem pequenininha, do interiorzinho da Bahia que de tão pequena, nem está no mapa, segundo eles. Mas tá sim, olha Ubatã aí no GoogleMaps!





A ala pediátrica foi repleta de revelações. Por exemplo, o Caio se revelou um exímio pegador e guardador de bolinhas de sabão; quem disse que ele devolvia as bolinhas para seu novo amiguinho Gula-Gula, e para o Dr. Vagalume?

Se o Caio pegava e guardava, o João Miguel se ocupava em fazer bolinhas, mas, nesse caso, do leite condensado de que estava cheio a chupeta dele. 



E por falar em revelações, a tia da Laurinha revelou o motivo do Dr. Berinjela não ter podido comparecer: como ela estava no IC, não conseguiu colher as berinjelas da sua roça, ou seja, o Dr. B ficou preso no pé.

Na enfermaria, conhecemos a Dona Georgides e ela nos contou que tem esse nome pois quando ela nasceu, seu pai tinha escolhido o nome George para o “filho”, mas como nasceu mulher, ficou Georgides mesmo. Mas o mais curioso é que a Dona Georgides tem dois irmãos e nenhum deles se chama George. Figura né?



Por falar em figuras, as mágicas do Vaga deixaram, como sempre, a criançada doida.  

E ainda bem que a Dra Siri tinha umas liguinhas no cabelo porque a cabeleireira particular da Dona Papa, parente, segundo ela, do Papa Francisco, esqueceu a liguinha nos salão. Pode um negócio desse? 



A Dra. Comprida, quer dizer, Dra. Alta, ou melhor, Dra. Sorriso mostrou suas “habilidades” futebolísticas no vídeo game e se revelou uma bela açougueira no fifa, descendo a lenha nos jogadores adversários. Se desse tempo, tinha levado cartão vermelho, mas só levou amarelo. É Sorriso, melhor ficar só no vôlei mesmo!


No final, encontramo-nos com o Sr. Lindemberg, Lindinho para os mais chegados. Ao lado da sua eterna namorada (já são 46 anos de namoro regados a muito amor!) ele nos presenteou com suas belas e ricas histórias, desde quando serviu nas Forças Armadas em Natal/RN, sua terra (com o perdão do trocadilho!) natal, passando pelos 16 anos que trabalhou no HFA, até quando conheceu sua amada no bairro de Campo Grande/RJ, quando serviu pelas bandas cariocas. Emocionado, agradeceu a visita. Nós que agradecemos Sr. Lindinho!



E foi assim que encerramos a visita com o tarde ainda em claro, graças ao horário de verão. Foram 10 atendimentos na UTI Cirúrgica, 10 na UTI Coronariana, 8 na UTI Pediátrica e 46 na Enfermaria. Estiveram presentes as Dras. Rapunzel, Penélope, Siriguela, Sorriso, Mindinha e Xamixuga e os Drs. Juquinha e Vagalume.

Dr. Juquinha.



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Visita do dia 15/11/2015



                                                  Fala galerinha que acompanha a saga dominical dos Drs. palhaços mais extrovertidos do Brasil, aqui vos fala o bigodudo Dr Pierre para apresentar a aventura desse domingo lindo de sol (só que não) vivida por mim,  Dra Cuca,  Dra Fuxico,  Dr Pisca-Pisca,     Dra Mindinha e Dr Juquinha junto aos nossos amados pacientes da UTI Pediátrica (8); UTI Coronariana (9), UTI Cirúrgica (9) e Enfermaria (42), totalizando 68 pacientes, lá no IC-DF.
Na pediátrica encontramos os craques da bola Alehandro e Eric. Eric, super fã do Neymar, gosta do ataque para marcar gols enquanto o pequeno Alehandro disse ser  goleiro, praticamente uma muralha. Entramos no quarto e ele já estava fazendo o “muque” com o braço...eitaaaa rapaz forte viu. Pressinto que ainda vamos ouvir falar muito desses dois, vão longe! Teve também o João, de 42 dias, que segundo a mãe, vai ter plenos poderes quando chegar em casa, podendo quebrar tudo, mas quando crescer, namorada vai ser uma só, e é muito gente boa. Na enfermaria tinha o Cauã e Eduardo, que pelo jeito que batiam nas bolinhas de sabão acho que vão ser atacantes de vôlei viu? O Cauã se não quiser jogar vôlei, vai poder ser cantor e percursionista, mandou “uns rap muito doido”  enquanto dançava e batia nas portas.
Na rota da nossa aventura chuvosa (gente, chovia muito, vocês não tem ideia hahaha) conhecemos o seu Ozeas, oriundo do Piauí, cabra macho, avô de apenas 25 netos e 7 bisnetos  e não é que ele sabia  o nome de todos? Haja comida no final de ano para reunião dessa família e para trocar presente só com amigo oculto né seu Ozeas? Dona Maria Aparecida, mãe de duas “Dôtora”, que nem nós, sabe? Compartilhou conosco a história do dia que conheceu o próprio Patch Adams em uma viagem a Cuba e que tem um jaleco autografado por ele e sua equipe. Esse vale ouro!!

Teve também o seu Fernando “far nada” estava lá sozinho no quarto com o pé para cima relaxando. Querida Elaine, com 18 dias de transplante já estava ótima! Um sorriso que não cabia em si, agradecida pela vida e animo que da porta dava para sentir. Ela elogiou o pequeno enfermeiro (1,98m) e disse que o talento e trabalho é proporcional altura e que nós dos andarilhos também somos talentosos e amados. Os “Dôto” agradecem de coração. Visitamos a Claudia que conheceu nossos primos palhaços no Hospital de Base, que bom que a alegria está em vários lugares. Finalizando teve seu Hermínio, mestre de obra, disse que no procedimento só quer Gerdal e Tigre e que vai ligar para turma que trabalha com ele para participar, porque ele quer é qualidade igual ele faz nos trabalhos dele.
That’s all folks!!!!
Ótima semana a todos. Até a próxima
            Dr Pierre.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Visita dia 08/11/2015




 Salve Salve a todos os que acompanham os Andarilhos do Riso em todas as suas jornadas dominicais! Hoje foi dia de muita alegria e diversão no IC-DF com os Doutores Palhaços mais queridos do mundo!!!!

Começamos nosso trabalho às 15 horas após uma bela oração feita pelo Doutor Vagalume.

Após subir rumo ao encontro dos nossos queridos impacientes que aguardavam ansiosamente a nossa chegada, encontramos na enfermaria a Srª Cecília que possui uma filha/nora, como será que isso é possível?? Ah não, o nome da filha dela é Nora, rsrsrrsrsrs. 

Estava por lá também a Dona V$%#*@, isso mesmo, esse era o nome dela...rsrsrsrssrs.... que estava com muita dor de barriga. Após soltar muitos puns resolveu aproveitar que estava por lá e pediu para o Doutor Rapadura fizesse a cirurgia no intestino também para ver se acabava o problema. Mas enquanto aguarda a cirurgia, pediu para que a Dra. Groselha e Dr. Rapaudura ficassem cheirando o "pum" que ela estava soltando..rsrsrsrsrsrs.... e os dois obedeceram e ficaram paradinhos cheirando, cheirando, cheirando.......rsrsrsrsrsrs!!!

Encontramos também o Sr. Francisco e o Sr. Gilvan que tinham acabado de formar uma banda, só precisava de uma cantora, então a Doutora Siriguela resolveu assumir os vocais e cantou junto com eles grandes clássicos do Rock de Brasília como Legião Urbana e Capital Inicial. Uma pena que ela desafinou bastante e acabou com todo o espetáculo, mas fazer o que né?! Estamos ensaiando para isso.

Por fim visitamos nossos queridos amiguinhos(as) Guilherme e Esther, uma dupla de mágicos que surpreenderam os Andarilhos com uma série de truques de tirar o chapéu. Até fazer aparecer dinheiro eles fizeram, e é claro emprestou para os Andarilhos, mas nós vamos pagar tá?!!

E finalmente, para acabar a visita, fomos presenteados com 25 kg de rapadura. Após todos comerem a rapadura e se sentirem revigorados, estávamos cheios de disposição e prontos para outra.

Atendemos no dia de hoje 09 amiguinhos na UTI Pediátrica, 09 impacientes na UTI Cirúrgica, 08 na UTI Coronariana e 47 na Enfermaria.

Estiveram presentes as Doutoras Siriguela, Fofuxa, Bochechas, “Goróselha"(ou será Groselha), Penélope, Fuxico e os Doutores Rapadura, Vagalume e eu quem vos escreve, Berinjela.

Abraços a todos e que a alegria esteja com vocês!


Nos vemos na próxima!!!

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Relatório da Visita dia 01/11/2015



                Olá queridos leitores.

                Mais um domingo de muitas Alegrias, Histórias e Estórias presenciadas no IC-DF pela equipe sempre de plantão dos Andarilhos do Riso. Como sempre, iniciamos nossas atividades com uma oração.

                 Iniciamos pelos pequeninos, mais precisamente com a rainha ESTER que ganhou esse nome em homenagem a ela mesmo por ter nascida já uma rainha, não necessitando passar pela escola de princesa.

                 Como sempre tinham muitas MARIAS.
            A MARIA Eduarda acompanhada pela avó, adivinha o nome dela?????? Isso mesmo, era MARIA também. Uma vovó coruja que cuidava da neta como um gavião protetor.

         Já a outra MARIA Eduarda do quarto ao lado estava com a irmã que tinha o nome de?? de???? Sim.....MARIA Carol, apelidada por esse que vos escreve, Dr Rapadura, carinhosamente de Maria “Espoleta”. Porquê???? Não sei...me deu vontade.

         Visitamos também o GUILHERME, torcedor do Brasilliiillliiillll e do Framengooooo. Confesso que fiquei com peninha dele por falta de opção. rsrs...

                   Do outro lado do corredor, na UCO, nos receberam muito bem a família dos “Rs”. Rafael, Roberto, Reinaldo, Renato, Retrato, opsss, era tanto “R” que acabei me confundindo. Muita criatividade pra minha cabeça.

     Tivemos também um hóspede INTERNACIONAL. O Sr KAMAL. Simmm!!!!  Direto da PLANALTINA do Goiásss...ou seria PALESTINA???? Vixxxx. Só sei que as Dras Rapunzel e Cuca, por serem as únicas que achavam que conheciam a língua estrangeira, tentaram falar com ele, que disse a seguinte frase: - السكر البني حلو ولكن ليس لينة. Traduzindo: Rapadura é doce mas não é mole!!!! Homem sábio!!!

              Logo em seguida passamos para o andar seguinte onde a bagunça realmente aconteceu.

                   De  cara  encontramos  o  HENRIQUE, com  suas  duas   bochechas esbeltas. Dra Bochecha ficaria imperceptível perto dele. E com ele seu pai, Sr Bochechão, torcedor do Cruzeiro, nos deu uma notícia legal de que estava faltando bem pouquinho para o Henrique ir pra sua casa. Nossa, que bela notícia... ganhamos a tarde.
         
                   Adentramos no quarto do Sr BASÍLIO que estava acompanhado de seu filho, VITOR. Uma dupla de dois gaúchos “baguais de primeira”, traduzindo: “Gente boa!!!”, só aguardando o jogo do Grêmio contra o Flamengo. No final eles ficaram mais “faceiros que guri de bombacha nova”, traduzindo: “menino com uma calça nova”. Rsrsrs....

                Não podia me esquecer da Dona MARIA, que estava meio tímida quando adentramos em seu quarto, mas só até eu inundar a sala com bolinhas de sabão, e  pra minha grande surpresa, Dona Maria fez a festa, estourou quase todas as bolinhas numa felicidade que só era dela... foi muito legal o seu exemplo. Aquela imagem vai durar pra sempre em minha memória.

            E finalizando com chave de OURO, o quarto com maior quantidade de AMOR da história do nosso grupo. Dois casais que somados os anos de união davam 80 anos de casados. “Ala pucha tchê!!!!”, tradução: PeloamordeDeusss!!!!” ou “VixxxMariaaa!!!!” Isso é que é exemplo. PARABÉNS!!!!!!!!!!

         E se foi mais uma tarde MARAVILHOSA com 78 pacientes atendidos, uffaaa!!!!!!!!! (Pediatria - 9 , UTI – 9, UCO – 9 e Enfermaria – 51).
         Os doutores foram: Cuca, Fofuxa, Rapadura, Rapunzel, Groselha e Pisca Pisca.

                 Até o próximo encontro “indiada”, traduzindo: “pessoal”.

                 Dr. Rapadura


terça-feira, 27 de outubro de 2015

Visita do dia 25.10.2015

Alô, alô, senhoras e senhores! Parem tudo que os Andarilhos do Riso irão passar cheios de alegria, amor no coração e sorrisos em seus rostos!



          Após a linda oração do Doutor Berinjela, subimos rumo a mais um domingão cheio de histórias emocionantes e ainda em clima de comemoração do Dia do Médico, esse nosso dia tão especial J
       
       Começamos nossa visita pelas UTI´s: Pediátrica, Cirúrgica e Coronariana. Na Pediátrica dormiam quase todos os 10 anjinhos que lá estavam se recuperando. Na Coronariana, 10 pacientes, inclusive o Seu João, mineirinho, que disse que onde vai, leva o redondo embaixo do braço pra matar a saudade da sua terrinha. Na UTI Cirúrgica foram atendidos 8 pacientes, dentre eles o Jonatas, rapaz arretado, cabra da peste que não vê a hora de voltar pra sua saudosa terrinha.
          Atendendo na enfermaria encontramos a Dona Gilda, que para nossa surpresa se auto intitulava Rose, sim, aquela mesma do Titanic. A única diferença entre elas é que a Dona Gilda jogou a pedra falsa no mar e ficou com a verdadeira. Claro, a Dona Gilda de boba não tem nada!
       No quarto logo ao lado conhecemos a Janita, irmã da Conceição. A Dona Janita ganhou um coração de 18 aninhos e está toda feliz e cheia de energia. Sua irmã Conceição quer mais é que ela arranje um namorado novo pra ela sair de casa. Acho que elas devem ter andando discutindo muito esses dias. Pois é...
          Durante a andarilhada conhecemos o Manuel, ora pois! O Manuel, diabético, acabou colocando açúcar no almoço dele em vez de colocar sal. Seria um ato falho do Manuel? Acho que na verdade era um desejo de comer um docinho, mas é um segredo só nosso, não conte a ninguém shhhh! 
E a Maria Eduarda? Bem, a Maria Eduarda tem o ouvido apurado! Foi só o Dr. Berinjela e a Dra. Rapunzel começarem a cantar que ela já tapou os ouvidos na mesma hora, disse que os dois cantavam muito mal hahaha mas enquanto isso, a Dona Juraci ouviu tudo e os seguiu até o quarto ao lado porque queria cantar “Evidências” junto com eles. Fiquei sabendo na rádio corredor que a Dona Juraci já participou do Programa Show de Calouros.
          E gente, uma coisa me impressionou: a mãe do Miquéias teve nada mais nada menos do que 17 filhos. Dá pra acreditar? Ela tem um time de futebol e mais 6 reservas. Haja lugar pra guardar tanta chuteira nessa casa, hein!?


      E assim encerramos nossa deliciosa visita do dia 25/10. Estiveram presentes os Doutores: Berinjela, Rapunzel, Mindinha, Pisca-Pisca, Xamixuga, Risoletta, Juquinha, mais conhecido por Dr. Asiático e eu, Dra Cumprida, mais conhecida como Dra. Sorriso, a Dra de quem quer receber alta hahahaha! Beijoooooooooos! J