• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Visita do dia 27.11.2016

Mais um domingão no IC e os Doutores mais lindos, inteligentes, engraçados do Brasil (Quiçá do mundo) entram em ação para mais um atendimento.


Começamos nosso domingo com uma denúncia muito séria, seríssima, aliás...
"A SAFRA DE PEQUI DESTE ANO FOI SABOTADA"
É a única justificativa para ter tanto goiano nesse domingo. rsrsrs

Falando em pequi, começamos a nosso domingo lá na UTI Coronariana onde estava o Seu Antônio, um goiano tão viciado, mas tão viciado em pequi que , qualquer coisa que seja de pequi ele manda pra dentro do bucho. Pode ser doce, farofa de pequi, sorvete de pequi, pequi recheado com pequi.

Lá na UTI estava também o dono do dia. É isso mesmo, o dono do dia!!! Não entendeu???  Tô falando do Seu Domingo, aquele que faz parceria com a alegria. Mas gosta de rir esse Seu Domingo. Ah e falar nele sem falar no cabelo dele, é impossível. Nunca vi um cabelo tão milimetricamente arrepiado, e ele jura que não é gel, pomada, nada disso. É natural!!! Chora no recalque a molecada que fica 2 horas em frente ao espelho tentando arrepiar a cabeleira, kkkkk.

E o ponto alto dessa visita foi a extrema sinceridade das crianças do IC.
Primeiro na UTI Pediátrica estava o Nicolas, que conversa vai, conversa vem, falou pro Dr. Pierre e pra Dra. Rapunzel que era um excelente mágico. Os dois espertos já foram logo pedindo coisas. Pierre queria ficar bonito e Pum queria desencalhar. Nicolas respondeu sem pestanejar: Eu faço mágica e não MILAGRES, Drs.!! Kkkkkkk Toma seus distraídos.

A segunda super sinceridade do dia foi do Isaque, de 6 anos, lá da enfermaria. Conversa vai, conversa vem de novo, ele olha para a Dra. Flor e diz: Mas tu é feia hein!!! kkkkkk sabe o que é pior ? Dizem que criança não mente. Deu ruim hein, Flor? rsrsrsrs

E nessa visita o amor estava no ar. Dona Maria já estava a algumas noites sem dormir direito, mas foi só receber a visita do amado que dormiu que nem uma pedra. Ownt, o amor é lindo... A responsável pela fofoca sobre a D. Maria foi a companheira de quarto dela, a D. Florita, que aos risos disse que nunca viu um calmante bom igual a esse, rsrs.

Falando em amor, teve também a ‘‘profecia’’ do amor. D. Joana nos contou que quando era mais jovem, numa bela tarde, passou em frente a uma casa e no portão estava um belo rapaz. Ela olhou e disse: esse vai ser o meu marido!!! E lá se vão 50 anos de casada com o Seu Antônio. Eita que essa D. Joana é boa de profecia e, acertou na mosca.

A outra história de amor da tarde é do Eurípedes casado com a Luzinete há 41 anos. Ela era artesã e vendia suas obras na feira da Torre de TV. Ele era ascensorista do elevador da torre. E toda vez que o elevador chegava ao térreo e abria a porta, ele mostrava língua para ela. O tempo foi passando e eles acabaram se apaixonando ( tô até agora pensando nessa forma criativa de conquista, rsrsrs). Quando Seu Eurípedes foi pedir a mão da D. Luzinete em namoro para o pai dela, o sogrão achou que já era um pedido de casamento e já concedeu a mão, o pé, o braço, a moça toda. Imagine o susto do Seu Eurípedes, foi tentar um namoro e já saiu praticamente casado.

Aí todo mundo naquele clima de amor, respirando romantismo, e de repente vem a D. Analuce com um conselho para a Dra. Xamixuga: Minha filha, não casa não, não casa não, porque nenhum homem presta.  O único que prestava pendurou calça no banheiro e foi embora para sempre. Hein ??????? Dra. Xami tá até agora tentando entender o conselho... kkkk, mas que D. Analuce acabou com o clima romântico da tarde, ahhhh acabou sim.

E para finalizar o dia teve uma história no mínimo curiosa...
Seu Dodinan disse que tinha uma espingarda e um rádio e de repente os dois objetos estragaram. Como ele é muito esperto, nem procurou ninguém, fez ele mesmo os consertos. Mas algo estranho aconteceu, a espingarda começou a tocar música e o rádio a atirar. Xiiiiii, sei não viu, ta parecendo história de pescador. Mas como diz o Paulinho Gogó: quem não tem dinheiro, conta história, kkkkkkk.

E o atendimento desse domingo foi feitos pelos Drs. Gravatinha, Pierre, Pisca-Pisca, Rapadura, Tchan, Flor, Narizinho, Rapunzel ,Xamixuga e euzinha, Groselha.
Foram atendidos 10 pequerruchos na UTI Pediática, 10 bravos guerreiros na Coronariana e 10 na Cirúrgica. Já na Enfermaria foram 58 agradáveis visitas.


Beijos, beijos e até mais !!!