• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Visita dia 29/11/2015

                           E aí, galera do bem! Todo mundo pronto para mais um capítulo do diário de bordo  dos Andarilhos do Riso? Então, vamos lá!

(Vocês sabem que, quando é a Dra. Fuxico quem faz o relatório, ele vem cheinho de fuxicagem, né? Comecemos, então, pelos bastidores de mais uma animada visita dominical ao Instituto do Coração de Brasília)


                     Como vocês podem ver na foto, as Doutoras Fuxico, Risoleta, Bochechas e Fofuxa estavam mais lindas e encantadoras do que nunca. E os Doutores Pisca-Pisca e Pierre, bem... o importante é ter saúde, não é mesmo? Hahahahahahahaha brincadeirinha, menininhoslindosdonossocoração!!!!
        
                                    Nossa equipe chegou cumprimentando alegremente os adultos e distribuindo pirulitos para as crianças que estavam na recepção. 
                         Subimos para o andar das UTI’s, demos um alô para os acompanhantes que estavam do lado de fora e entramos para iniciar a visita aos pacientes. A primeira pessoa que encontramos foi o nosso “pequeno” amigo, Enéias:

       Não é á toa que o Enéias recebeu o carinhoso apelido de “pau de selfie”.
 Ele é só o dobro do tamanho da querida Risoleta!
         
            Agora, chega da fuxicagem de bastidores e vamos às histórias colhidas neste lindo domingo:
         
             Dra. Groselha e Dr. Rapadura tiveram a imensa alegria de visitar o baby Lucas Gabriel que, apesar de ainda não saber falar, já soube premiar o Rapadura com um exclusivo TROFÉU JOINHA! Não acreditam?                                        
                 Faz aí, Rapadura, como o Lucas fez para você:

               Eu também quero um Troféu Joinha, minha gente!            Como faz para conseguir um desses? Conta aí o segredo, Rapadura!

               
   Bem, além de premiação, as Dras. Fofuxa e Risoleta me contaram que ia rolar um forrozinho no IC. Elas disseram que o seu João dos Navegantes é quem estava à frente dos preparativos e que ele ia aproveitar a festa para colocar o papo em dia com um amigo dele que, por coincidência, também está no hospital! Eita, povo animado!!!

    Animada estava, também, a Dona Justina, baiana de Jaborandi, que já recebeu a gente com um Chamei, Chamei”! Lembrei daquela aluna, Marina da Glória, da Escolinha do professor Raimundo, vocês lembram? #anos80


       A Dona Justina estava acompanhada de duas filhas e um genro e contou para nós que tem outros três filhos que moram em Jaborandi. Família grande e amorosa que sempre dá apoio e carinho para ela.

         Da bela cidade de Maceió, veio a Dona Eliane. Quem olha para ela, não acredita que ela já tem até uma bisnetinha de 3 anos! E a Dona Cecília, de Paracatu, que tem uma bisneta de 7? Nenhuma das duas aparenta já ser bisavó! Vou dizer uma coisa: eu quero o endereço da Fonte da Juventude! Será que são as belas águas do mar alagoano? Ou o ar abençoado das Minas Gerais? Um dia, eu descubro!
     
     E foi com imensa satisfação que vimos a jovem Edna toda serelepe, mostrando fotos da filha Giovanna, que já está com 4 meses! A Edna conta sempre com o olhar cuidadoso do maridão!

    Os companheiros de quarto Roberto e Antonio também estavam esbanjando alegria, acompanhados, respectivamente, da sobrinha e da mãe. Conversamos bastante, animadamente, e falamos que essa boa energia era um ingrediente importante para a melhoria da saúde, no dia-a-dia.


     Foi uma alegria, também, visitar os pequenos João Gabriel e Rosana! O João demonstrou que é um verdadeiro campeão de estourar bolinhas de sabão! E a Rosana foi a nossa personal coreógrafa! Pulamos, dançamos a “Macarena” e rodamos até ficarmos tontos!  Bom demais da contaaaaaa!!!!!!


Mais difícil do que dançar a Macarena é manter um casamento por 44 anos. E sabe quem conseguiu essa proeza? O seu Lindenbergh, fuzileiro naval botafoguense que, junto com sua digníssima esposa, está às vésperas de suas Bodas de Rubi (45 anos de casados). Perguntamos qual era o segredo de um casório duradouro. A resposta do seu Lidenbergh foi: “Um tem que aturar o outro”. Tá certo, então!


Eu termino este informativo relatório com uma história impressionante, contada pelo esposo da paciente Maria da Glória: ele disse que conheceu um homem de 80 anos que nunca, nunca, nunquinha TOMOU BANHO! Ele se asseava apenas com uma toalha molhada; chuveiro, que é bom, nem pensar! Perguntamos se era mesmo verdade isto, ou se era só “causo”. O marido da Dona Maria assegurou que era verdade... fica aí, então, o registro dele porque, como vocês já sabem, LONGE DE MIM FAZER FUXICO, NÉ, GENTE?

Na visita de 29/11/2015, eram 10 os pequeninos da UTI Cardiopediátrica; 09 amigos do peito na UTI Coronaria; 10 vencedores na UTI Cirúrgica; e 54 companheiros na Enfermaria.

Os Andarilhos do Riso desta visita foram os doutores: Fofuxa, Risoleta, Bochechas, Groselha, Pisca-Pisca, Pierre, Rapadura e euzinha (Fuxico).


3 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como faço para participar da equipe? Aguardo o retorno. Obrigada

    ResponderExcluir
  3. Envie-nos um email para contatoandarilhos@gmail.com

    ResponderExcluir