• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Visita do dia 06/12/2015


Respeitável público! Senhoras, senhoros, crianças e crianços, tudo bão cocês?!!! Neste domingo, mais uma vez, entraram em cena os doutores palhaços mais amados, idolatrados e abestalhados do IC-DF: nós, os ANDARILHOS DO RISO!

 


                     Já estamos no mês de dezembro, meu povo. Quando que o ano passou e eu não vi? É chegada a hora de discutirmos os assuntos mais importantes da existência humana. Vamos lá: os quitutes da ceia de natal devem levar uva passa ou não? É melhor panetone ou chocotone? É pavê ou pacumê? São tantas dúvidas. Meu cérebro está até fritando. Hnnn.. falando nisso, vontade de comer rabanada  frita  que me deu agora. Nhaaaam!!!!
 
Er.. oops… hehe...enfim… Apesar de todos saberem que eu sou extremamente inteligente, sábia e astuta, não é mesmo? ˜˜não respondam˜˜ eu não tenho todas as respostas do mundo. Chocante, eu sei, mas é verdade. Tudo que eu tenho certeza é de que ano vem, ano vai, ano vem de novo e nós, os andarilhos, continuamos domingando com os pacientes mais amados do Brasil.  =D

                                 Começamos a visita com uma oração feita por mim, Dra. Rapunzel, a princesa palhaça dos cabelos tingi..naturais de um reino nada distante. 

                                 Em seguida, demos de cara com o senhor Adair. O homem sabe fazer de tudo e mais um pouco, gente. É formado em direito, mas ganhou a vida vendendo filmes e discos nos tempos áureos de Discoteca 2001 e Mesbla (se você se lembrou da Mesbla, jovem sujeito não é). Só que o homem não parou por aí não, ele foi também músico, cantor, engraxate... tudo isso viajando esse país todinho. Andarilho desse jeito, já pode até fazer parte do nosso grupo, seu Adair. 


No meio de nossa andança, encontramos seu Welson, que estava super emocionado com a cantata de Natal que estava acontecendo pelos corredores da enfermaria (muito linda, por sinal). Mas ele logo se esqueceu da emoção quando se lembrou da vontade incontrolável que sentia de comer uma pamonha. Pena que ele só poderá comer a iguaria goiana daqui dois meses, no carnaval. Por conta disso, seu Welson nos revelou que já estava até imaginando a Globeleza embrulhada numa casca de milho e arramada por uma liguinha de elástico. 

#SomosTodosEspiga

Visitamos também o seu Antoniel, que não deixava os doutores desviarem a conversa do assunto preferido dele: o Vasco. Vascaíno roxo (ou seria preto e branco?) esse rapaz, viu!

Depois, conversamos com a Dona Eliane. Ela nos contou que, logo antes de nossa chegada, tinha pensado que estava enfartando... mas não se preocupem, leitores, ela logo percebeu que eram só gases mesmo. Ufa! Segundo nossa amiga, isso é normal em sua vida, pois: “eu sempre viajo na batatinha e escorrego na maionese” (ELIANE, Dona, 2015).  

 
                                   Batemos um papo sensacional com a Dona Maria, mulher da mais alta realeza - como eu - que só chama o marido de LORDE. Achei bonito! Dra Groselha - muito romântica - se apressou em afirmar que também tem um apelido carinhoso para o Dr. Rapadura: TRASTE. Achei diverso!

Na visita de hoje, encontramos 10 ajudantes do papai noel na UTI Pediátrica; 11 cantores de coral na UTI Coronária; 10 montadores de árvore de natal na UTI Cirúrgica; e 49 mecânicos de trenó na Enfermaria.


Estavam presentes os doutores Pierre, Rapadura, Groselha, Risoleta, Berinjela, Batatinha e Rapunzel (mais conhecida como EU). 

É isso, galera. Obrigada por acompanharem nossas aventuras.

Nos vemos domingo que vem, senhoras e senhoros.

Fecham-se as cortinas. 

Dra. Rapunzel

2 comentários :

  1. Parabéns a todos pela excelente visita!
    Nos vemos na próxima.

    Abraços!
    Dr. B.

    ResponderExcluir
  2. DR VAGALUME07/12/2015 21:17

    Show, relatório 10. Parabéns pelo atendimento.
    Forte abraço.
    VAGA.

    ResponderExcluir