• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Visita do dia 23.01.2011

"Buenas te espalho, nos pequeno dou de prancha, nos grande dou de talho."

Cheguei mais atrasado que "gago em reza de igreja", mas cheguei.

Pois é, fui inventar de dar uma de escritor, como se diz lá no Rio Grande, "Quer dar uma de avestruz, agüenta o ovo".

Então, já no estacionamento sentimos que o dia seria longo, tinham 793 carros, 2 fuscas e 1 Kombi, 4 Camelos, 97 Jegues e 329 bicicletas, é isso mesmo meus queridos. Tinha até um disco voador, modelo 1755 AC.

Logo após nos caracterizarmos, a Dra. Smith fez uma bela oração, enfatizando a saúde de todas as pessoas que estavam no HFA, inclusive a nossa, pois estava muito frio la dentro, "Mais frio que fucinho de cachorro". Acredite, tava -9ºC.

Na UCO, tinham 8 queridos telespectadores ansiosos só esperando pela nossa indigesta presença. Destaco uma senhora de expressão meiga e calma que estava lá no fundão, num quarto separado. Logo vimos que se tratava de uma pessoa especial, e estávamos certos. Foi só a gente abrir a boca, e ela ficou toda alegre. 1 x 0 para os ANDARILHOS.

Já na Pediatria, tinham 6 pequeninos desdentadinhos, com todo carinho. Despejamos todo o nosso AMOR, remédio esse que temos de sobra. No último atendimento desse setor, a Maíra estava tentando nos enganar, fingindo que estava dormindo, mas meu faro não me enganou não. Ali fizemos a fisioterapia completa (aprendemos em Maçaxuxits) cantamos “Pai Abraão”, quem não gostou muito foi a SIRI, ficou mais "angustiada que barata de ponta cabeça", toda cheia de calor. Hooooo idadizinha...... Por falar em barata, a linda Maíra nos ensinou a verdadeira música da barata, pois estávamos engasgados, quer dizer, enganados, pois cantamos várias versões, todas erradas. Saiu desde "meu barata amarelinhoooo, cabe aqui no meu mão", até "era uma barata, muito engraçada..." E pra finalizar com essa bela menina, ensinamos que a barata não é fedida, depende o desodorante que ela usa.

Na Cirúrgia, tinham 10 hóspedes um pouco dorminhocos. Mas não adiantou. Fizemos aquela bagunça. Tinha até um astronauta fazendo readaptação depois de ter vindo da lua. Acho que aquele disco voador que estava no estacionamento era dele. Pra esse querido, cantamos nada mais nada menos que Almir Sater, “TREM DO PANTANAL”. Ele adorou tanto, que pediu que nos retirasse, kkkkkkkkk, brincadeirinha.

Uffaaaaaa!!!!! Não pensei que dava tanto trabalho escrever esse relatório. Ainda bem que eu estudei muito na minha vida. Só a 2ª série, eu fiz 7 vezes.

Subindo as escadas para o 6°andar, cantamos nossa tradicional música da escada, uma letra muito instrutiva, é assim, “uuu.... uuu.... uuu”, chego até me lacriMIJAR todo.

Pronto, chegamos ao CORREDOR DA ALEGRIA. Aliás, não sei porque se chama corredor, se só vejo gente caminhando??!!!! Estranho né!!!!??? Já no 1º quarto, avisamos ao Sr. que ali estava naquela ala, era para realizarmos TROCA DE SEXO. Num primeiro momento ele ficou assustado, queria ir para outro quarto, mas todos estavam ocupados. Daí lhe convencemos que não era tão ruim assim. Até sugerimos alguns nomes, Josefina, Pafúncia, mas o que ele gostou mesmo foi Filó. Para os íntimos, Fifi. Lindinho né. Ele ficou "mais ansioso que anão em comício", kkkk. A Dra. Trakinas sugeriu também, tasca logo um silicone, iguais aos dela. Tava em promoção, R$1,99 o litro na feira de Singa Pura de Samambaia. Quem diria heinn dotora, que falsidade!!!!!!

Prosseguindo...... Avistamos como sempre, as donas lancheiras e limpezas, fofocando lá na sala do café, adivinha, da vida dos outros né. Mas são gente boa. Sempre nos dão café, biscoitinhos, etc e tal...

Ao chegarmos ao quarto do Sr. Jeremias, mais conhecido como OLHO BIÔNICO, notamos que ele era metido a engraçadinho, "Mais engraçado que gorda botando as calças". Foi só a SIRI aparecer na porta que logo soltou "credoooo, que coisa feiaaaa", kkkk.... coitada da Dra., quase chorou (lembro que ela ainda tava com o calorão de sempre). Eu, para amenizar a situação, disse que ia aparecer pelado pra ele, daí ele ia ver o que é coisa feia de verdade, rsrs.... Logo em seguida, o Dr. Beringela fez uma mágica com cartas. Foi realmente muito boa. Seu Jeremias quase estragou o espetáculo, pois queria pegar nas cartas do dotô, kkkkk.

Já quase no final do corredor, encontramos nada mais nada menos que o REI PELÉ. Eu não poderia deixar de registrar tal momento e seguir com a minha meta de entrar pro GUINESSSS BUKEEEEE, de palhaço à tirar mais fotos com artistas. No mesmo quarto, o Sr. Eliel deixou a Siri "Saracoteando mais que bolacha em boca de véia!" (pra lá, pra cá, pra cima, pra baixo), disse que ela tinha menos de 30 anos, pronto, imagine a felicidade da véia, ficou realizada. Já para o Dr. Beringela ele deu uns 49 anos, kkkkk disse que ele tinha a cara "Mais amassado que dinheiro de bêbado." Kkk....

E para encerrar, atendemos um casal muito simpático, o Sr. Francisco e Dona Maria. Ambos do Ceará. Se casaram no mesmo dia, coincidência não??!!! E adivinha!!!!, pelo mesmo padre. No começo eles ficaram “mais assustados que nem veia em canoa kkkk pensa como deve ser, kkkkk. Mas depois eles viram que éramos domesticados e que não ofereceríamos perigo.

Para encerrar, deixamos a todos os pacientes as novas orientações da OMS, que destaca: prender um pum, pode ocasionar problemas na cabeça, pois o mesmo quando não é liberado, pode subir pela espinha e se acumular na cabeça, assim, a pessoa só fica pensando mer..., digo, besteira. Por isso lembrem-se: Pum é que nem inquilino que não paga aluguel, tem que colocar pra fora.

Pois é, depois de um dia desses, mais comprido que esperança de pobre”, contabilizamos 64 atendimenos, uffaaaa.... penseeee....

Acho que para meu primeiro relatório, por hoje está bom. Se alguém ficou "mais por fora que bunda de índio" e não entendeu algum dos ditados, por favor, se virem em descobrir. Agradeço o esforço dos doutores que estiveram comigo (Dr. Rapadura) nesse dia, Dras. Siriguela, Smith e Trakinas e o Dr. Beringela.

Um grande abraço à todos e até a próxima.

Pensamento:
A lesma é lenta. Ainda bem. Já pensou se esse bicho nojento corresse?”
(Sérgio Maldonado)

Dr. RAPADURA

6 comentários :

  1. KKKKKKK....
    Muito bom Rapadura, cheio dos ditados.
    Este relatório com certeza da´ra o que falar.

    Abraços e esparadrapos;

    Dr. Gravatinha

    ResponderExcluir
  2. Dra. Barbarela24/01/2011 15:08

    Obaaaa que saudades dos Andarilhos!!!
    Minhas férias acabaram e no domingão, estarei com vocês denovo falando ESPANHOL!!!! hahaha

    Beijos

    Ps: Dr. Rapa, ficou divertidissimo esse relatório... Adorei!!! =)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Rapadura, excelente relatório e parabéns também a todos pela excelente visita.
    Nos vemos na próxima.

    Abraços;
    Dr. B.

    ResponderExcluir
  4. Aí, Rapadura, muito bem!!!
    Falou mais que pobre em dia de chuva!!!
    Muito bom relatório e a visita deve ter sido ótima!! Terminaram tarde??
    Beijão, galera

    ResponderExcluir
  5. Buenas! Mais um domingão pra lá de bão, assim como todos os outros.
    Excelente relatório, Rapadura! Engraçado demais... Rsrsrs...
    Terminamos a nossa super labuta às 19h, mas cheios de disposição e prontos pra outra! Rsrs...
    Beijo e até mais ver.

    Dra. Smith

    ResponderExcluir
  6. Dra. Siriguela25/01/2011 17:53

    Rapadura.... você arrasou...!!!! Que dizer, mais ou menos, porque em algumas partes aumentou um pouco...heheheheh...principalmente na história do Sr. Jeremias....ele falou ..." que coisa feinha"...heheheheh....
    Adorei o "gauchês"... entendi tudinho, tche.

    Você devia ser promovido a relator oficial do Grupo B, de tão "bão" que ficou o relato da visita.

    Missão cumprida neste domingo, apesar da super lotação no hospital.

    Dra Siriguela

    ResponderExcluir