• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







terça-feira, 12 de abril de 2011

Visita do dia 10.04.2011

A chuva veio com tudo nesse domingo e nós os Andarilhos do Riso também fomos com tudo rumo ao IC-DF. Debaixo de muita chuva de pedrinhas de gelo (os famosos GRANITOS!!! rs) nós chegamos para arrancar umas boas risadas de 06 sorrisos na UTI Cirúrgica, 04 na UTI Coronariana e 39 na Enfermaria. A criançada da UTI Infantil aproveitou a chuva para tirar o tão famoso cochilo vespertino. Deixamos um beijo pra cada um na porta.

Lá encontramos o senhor Djalma e o Sr. Jose os dois estavam animadíssimos, cantamos e dançamos com eles. Tinha também a dona Babinha, que era Barbosa, ai virou Barbosinha e pra facilitar a vida do Dr. Rapadura eu a apelidei de Babinha. No começo ela não gostou muito da idéia, mas tocamos “como é grande o meu amor por você” e ela se derreteu todinha, todinha!

Encontramos o senhor Moisés nosso amigo viajante, ele e a esposa já tinham viajado um bocado e ele estava lendo mais um monte de revista de viagem pra escolher a próxima, não é o máximo? Ele tava lá porque achava que era um resort (até eu pensaria, com seis refeições diárias e muito paparico...) contamos que não era e agora ele vai pra casa logo, logo. Falando de estrangeiro encontramos lá o Sr. Waldwin que nasceu na Cidade do Cabo láááá na Africa do Sul, conversamos um bocado com ele. Ele contou um monte de histórias legais pra gente.

Rumamos pra enfermaria atrás de mais sorrisos e adivinha quem encontramos? A dona Chiquinha (por causa das suas maria chiquinhas nos cabelos) que é casada a 36 anos e contou sua linda história de amor! Dona Chiquinha trabalha com o mutirão contra a Dengue fazendo teatrinhos para as crianças. Visitamos um poeta que recitou Castro Alves e o Soneto da Fidelidade de Vinicius de Moraes. A Dra. Mussarela não queria sair de lá de jeito nenhum, ficou apaixonada. Ah e sabe quem mais estava no quarto? O Sr. Jose, o animadíssimo lá do início, foi pra enfermaria só pra receber nossa visita de novo. Espertinho ele, não? Depois dessa rapaziada toda, encontramos o senhor José Domingos de 100 anos! A coisa mais fofa do mundo. A filha dele tava o ajudando a treinar para ser astronauta, mas ele não tava querendo muito não... Fez o treinamento por partes. Incrível!

E no meio do corredor, lá estava a encantadora Mayara e dessa vez linda e maquiada (ela mesma se maquiou. Até prometeu para a Dra. Mussarela que a maquiaria para ela ir a uma festa chique). A Mayara estava apresentando a o IC para a Aline, sua nova amiguinha que quase não falou, era tímida tímida! E pra finalizar com chave de ouro, encontramos a mais nova dupla sertaneja desse IC-DF. Silcero e Quintino! ÊÊÊÊÊÊÊ MUNDÃO ACABA NÃO SÔ!

E foi assim que terminou o dia chuvoso porem encantador e feliz domingo dos Andarilhos do Riso. Com a presença do renomado Dr. Rapadura e das também renomadas e brilhantes Dras. Malagueta, Mussarela e eu que vos narro essa belíssima tarde de domingo, Dra. Barbarela.

Beijos nas respectivas testitas.
!!!!SEGUE!!!!

13 comentários :

  1. Óoooootimo relatório, Barba!!!!
    Parabéns pela visita, galera, e obrigada Dra Malagueta por fazer a minha parte!! É, eu não faço a minha parte, então ela fez pra mim!!! Valeu!!
    Inté domingão!!!
    Beijossssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Uhuuuu, valeu galerinha pela visita.
    Agradecimento especial ao Dr. Rapadura que teve a doce missão de me representar.
    Domingão estarei curando minha saudade do trabalho.

    Abraços e esparadrapos;

    Dr. Gravatinha

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a todos pela excelente visita!
    Nos vemos na próxima.
    Só uma pergunta aos que estavam presentes na visita (só por curiosidade mesmo), que horas terminou?

    Abraços;
    Dr. B.

    ResponderExcluir
  4. Realmente foi uma tarde maravilhosa, ainda mais com a presença ADORÁVEL das três linda Doutoras.
    Também foi muito bom "REATENDER" junto com a Mussarela (bjão Mussa!!!).
    Respondendo ao Dr B, o atendimento foi finalisado às 18:20hs.

    Valeu gentalias...

    Dr. RAPADURA

    ResponderExcluir
  5. Dra. Barbarela13/04/2011 14:47

    Foi muito divertoso mesmo...
    Gostiu, gostiu, gostiu.

    Beijos beijos

    ResponderExcluir
  6. Dra. Barbarela13/04/2011 14:48

    Sensa...

    BARBA???? Tá de sacanagem né??

    Me chama de bigode!

    hahahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Ah, Barba é um apelidinho carinhoso... Diminutivo do seu nome!

    ResponderExcluir
  8. Dra. Siriguela13/04/2011 20:20

    bela visita.... pensei que a palhaçada tivesse ido pro IC de canoa.... que chuva heim...

    Adorei a Barba.... bonitinho...hehehhee...vai pegar....
    beijos em todos e até domingo.

    Siri

    ResponderExcluir
  9. Vamos ajudar a Barbarela ter bastantes (gostaram do bastantes??) comentários!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Dra. Barbarela15/04/2011 18:01

    uhuuuuuuuuuul!!!!!

    Acharia super digno Sensa...

    Tô achando MAIOR preconceito para com a minha humilde pessoa.

    Pq a Siri recebe 40 e eu só recebo 09???????????

    Preciso falar de Gaucho ou palavras estranhas pra ter mais comentários ??hahahahahaha

    ResponderExcluir
  11. Dra. Barbarela15/04/2011 18:03

    Então vamos lá, post passado os Gauchos foram homenageados no meu serão os mineiros...

    Ocêis sabem o significado de "Guarda Deitado"?

    ResponderExcluir
  12. Não, oq significa????
    Num dá nem pra chutar...

    ResponderExcluir
  13. Epa!

    Estamos vivos, apesar de sumidos (e o plural foi só deus sabe para que kkk).

    Bem, vamos ajudar aos 'bastantes' comentários :)

    Num sô uma bôa minera não (na verdade sou neta de mineiros, mas nunca estive em Minas...), mas vou arriscar em quebra-mola (ou lombada, como tem gente que diz)...

    Quando fui para Bahia de carro (imagine ir para Ilhéus num Peugeot 206 com 4 pessoas - coraaaaaagem!) passei por minas, e acho que ouvi essa referência...

    Mas o melhor é "Queijim". "Você faz o 'Queijim' que vai sair lá".

    Essa ficou fácil de entender, néah!

    Abraço!

    ResponderExcluir